Atuação de optometristas é tema na Saúde

Inclusão de profissionais na rede pública foi uma das demandas levadas à comissão da Ales por representantes da Câmara Regional de Optometria

Por Larissa Lacerda, com edição de Angèle Murad

Homem de camisa branca em pé segurando microfone
Fila de espera no SUS para avaliação visual é de dois anos e meio, afirma Wolkart / Foto: Tonico

Ampliar o acesso da população ao atendimento optométrico, relativo à saúde ocular, foi tema na reunião da Comissão de Saúde nesta terça-feira (13). Andressa Figueira e Emiliano Wolkart, representantes da Câmara Regional de Optometria do Espírito Santo (CROO/ES), participaram do encontro. Eles falaram da importância da optometria, prática profissional na qual é feita a avaliação primária da saúde visual e ocular.

O especialista clínico examina e diagnostica alterações do sistema visual, como miopia e astigmatismo. Além disso, cabe ao optometrista detectar patologias que podem levar à cegueira, como glaucoma ou catarata, e encaminhar os pacientes para tratamento médico. 

Fotos da reunião da Comissão de Saúde

Wolkart alertou que atualmente a fila para avaliação visual no Sistema Único de Saúde (SUS) tem tempo de espera de dois anos e meio. Segundo ele, isso poderia ser diminuído com a inclusão de optometristas na rede de atenção básica. 

“Avaliações da saúde visual é uma das maiores demandas do SUS. Esperar por mais de dois anos por atendimento pode afetar drasticamente a qualidade de vida dos pacientes e levar à perda da visão. Acrescentar o profissional optometrista na saúde pública ajuda a desafogar essa fila”, defendeu Wolkart.

Andressa Figueira reforçou a importância de ampliar o acesso da população e garantir consultas periódicas. “O acompanhamento é fundamental para não ter alterações mais sérias no sistema visual. O optometrista tem esse potencial e capacitação para ajudar nesse atendimento de base e poder fundamentar uma melhor qualidade visual”, destacou.

Os especialistas explicaram também que, com os exames realizados pelos optometristas, é possível ter um acesso global à saúde do paciente, podendo revelar até mesmo doenças crônicas como diabetes ou pressão alta. “É um conjunto neurológico, é avaliado fundo de olho, pressão intraocular. Se tem uma análise sistêmica primária totalmente plena e importante para o paciente e, assim, encaminhá-lo aos atendimentos necessários”, concluiu Wolkart.

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Doutor Hércules (Patri), informou que fará projeto de lei (PL) solicitando a presença de optometristas no sistema público de saúde no Espírito Santo. “Além desse projeto, vamos aproveitar para estimular o debate sobre o tema com a Secretaria de Estado da Saúde e também com o Colegiado de Secretários Municipais de Saúde do Espírito Santo”, afirmou o parlamentar.

Optometrista e oftalmologista

O optometrista e o oftalmologista são profissionais diferentes. O primeiro é responsável por cuidados primários e não prescreve medicamentos nem realiza técnicas invasivas. Já o médico especializado em oftalmologia é habilitado a identificar e tratar patologias do globo ocular, como a catarata, bem como problemas de visão hereditários ou adquiridos.

Comissões: Saúde
Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais