Campanha visa incentivar namoro sem violência

Iniciativa institui conscientização em escolas sobre as relações afetivas abusivas, com foco na mudança comportamental dos alunos de ensino médio

Por Larissa Lacerda, com edição de Angèle Murad

Homem e mulher de mãos dadas
Ideia é realizar, anualmente, semana de atividades nas escolas no mês de junho / Foto: Freepik

De janeiro a julho deste ano, 46 mulheres foram assassinadas no Espírito Santo, 15 delas vítimas de feminicídio, de acordo com os dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Para conscientizar as novas gerações e combater a violência doméstica, a deputada Iriny Lopes (PT) apresentou o Projeto de Lei (PL) 199/2022, que cria a Campanha “Namoro sem Violência”.  

A campanha visa à prevenção e conscientização nas relações afetivas entre adolescentes e deve ser realizada, anualmente, na segunda semana de junho. Durante o período, as unidades das redes pública e privada de ensino devem promover, junto aos estudantes do ensino médio, ações envolvendo a problemática da violência, com foco na mudança comportamental.

Entre as atividades previstas estão divulgação da campanha em mídias sociais, realização de dinâmicas em grupo, palestras educativas, questionários para pesquisa de comportamento, dramatizações, concursos de redação, divulgação de manifestos e outras ações interativas.

Na justificativa do projeto, a deputada explica que o objetivo é sensibilizar e proporcionar mudança de comportamento nas relações afetivas nocivas entre jovens. “A finalidade é prevenir os abusos e promover a criação de espaços onde os jovens aprofundem a sua consciência crítica sobre a gravidade e impacto da violência nas relações de namoro. Quando a violência se instala no cotidiano das relações afetivas durante a adolescência, os seus efeitos sobre o desenvolvimento dos valores, padrões e hábitos são devastadores”, alerta a deputada.

O PL 199/2022 aguarda análise da Comissão de Justiça da Ales. Se aprovado, o texto será incluído no anexo da Lei 11.212/2020, que trata do calendário oficial, com datas comemorativas e eventos de interesse público. 

Deputados: Iriny Lopes
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio