Saiba como fazer para votar em trânsito

Quem estiver fora do seu domicílio eleitoral nos dias dos pleitos tem até 18 de agosto para solicitar o voto em trânsito

Por João Caetano Vargas, com edição de Titina Cardoso

Urna eletrônica com a palavra "fim" aparecendo na tela
No ES, é possível votar em trânsito em Cachoeiro, Cariacica, Linhares, Serra, Vila Velha e Vitória / Foto: Ellen Campanharo

Iniciou na última segunda-feira (18) o prazo para que os eleitores solicitem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para votar em trânsito nas próximas eleições, que serão realizadas em outubro. A transferência só pode ser feita para capitais ou municípios com mais de 100 mil eleitores e a mudança do local pode ser solicitada tanto para o 1º quanto para o 2º turno. 

Para pedir o voto em trânsito, o eleitor precisa ir a um cartório eleitoral até o dia 18 de agosto. A solicitação só pode ser feita presencialmente, não é possível fazer pela internet. Na ocasião será necessária a apresentação de um documento oficial com foto e a pessoa já terá que indicar a cidade em que irá votar.

Regras

Quem estiver fora da sua cidade, mas estiver votando dentro do estado do seu domicílio eleitoral, poderá votar para todos os cargos: presidente, senador, governador, deputado federal e deputado estadual (ou distrital). Já para quem estiver votando fora do estado de seu domicílio eleitoral só será possível votar para presidente da República.

O TSE disponibiliza em seu portal uma página para consulta das cidades em que o voto em trânsito será permitido, nos dias 2 e 30 de outubro, 1º e 2º turnos respectivamente. No Espírito Santo, é possível votar em trânsito em Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Linhares, Serra, Vila Velha e Vitória. 

É importante lembrar que essas medidas não valem para quem estiver fora do país. Neste caso, o prazo para a solicitação do Título Net Exterior já foi encerrado. O pedido é feito pela internet, até 151 dias antes do pleito.

Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo
PEC da Polícia Científica começa a tramitar
Iniciativa desvincula os peritos da PCES, reforçando autonomia e independência da categoria. Cinco emendas já foram apresentadas à proposta
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo