Educação política na escola é tema de reunião

Comissão de Educação recebe, nesta segunda-feira (4), professor da Ufes Pierre Alves para palestra sobre organização estudantil

Por Silvia Magna, com edição de Angèle Murad

Criança lê livro em sala de aula enquanto professora ao fundo escreve na lousa
Educação política no ensino fundamental é pauta na Comissão de Educação / Foto: Arquivo/Agência Brasil

O debate sobre a importância da educação política no ensino fundamental abre a primeira semana de julho na Assembleia Legislativa (Ales). O tema é pauta da Comissão de Educação, que receberá o professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) Pierre Francisco Alves para a palestra “A Experiência Política Democrática pela Construção da Organização Estudantil no Ensino Fundamental - Uma práxis da Cidadania Grasmciana no Ensino de Filosofia”. O encontro acontecerá nesta segunda-feira (4), às 12h15, no Plenário Rui Barbosa e será transmitido ao vivo pela TV Assembleia e YouTube.

A discussão foi proposta pelo presidente do colegiado, deputado Bruno Lamas (PSB). Segundo ele, o intuito da comissão é promover bons e construtivos debates que abordem educação, cidadania e experiência democrática para a sociedade. “Conheci o trabalho do professor Pierre em um grupo e achei pertinente trazê-lo para este espaço, já que é onde debatemos tudo isso. O objetivo da Comissão de Educação é sempre dar voz à sociedade civil e às boas práticas”, declarou Lamas.

Síndrome de Down 

Na terça-feira (5), às 9 horas, no Plenário Dirceu Cardoso, a criação de lei específica para beneficiar pessoas com síndrome de Down será debatida pela Comissão de Saúde, presidida pelo deputado Doutor Hércules (Patri). O tema será abordado pela presidente da Associação de Pais, Amigos e Pessoas com síndrome de Down do ES (Vitória Down), Lisley Sophia Nunes Dias. A reunião será transmitida ao vivo pela TV Assembleia e Youtube.

Em seguida, às 10 horas, o colegiado receberá em reunião extraordinária a dermatologista Patrícia Deps para falar sobre a hanseníase na prática clínica. A convidada é escritora e professora do curso de Medicina da Ufes. 

Confira a agenda completa*

Segunda (4)
12h15 - Reunião ordinária da Comissão de Educação - Plenário Rui Barbosa
13h30 - Reunião ordinária híbrida da Comissão de Finanças - Plenário Dirceu Cardoso
 
Terça (5)
9 horas - Reunião ordinária da Comissão de Saúde - Plenário Rui Barbosa
10 horas - Reunião extraordinária da Comissão de Saúde - Plenário Rui Barbosa     
13h30 - Reunião ordinária híbrida da Comissão de Justiça - Plenário Dirceu Cardoso
 
Quarta (6)
14 horas - Frente Parlamentar de Fiscalização do TAC do Pó Preto - Plenário Rui Barbosa

Quinta (7)
14 horas - Reunião extraordinária da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente - Auditório Hermógenes Lima Fonseca


*Agenda sujeita a alterações

Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio