PL substitui alerta sonoro por música em escolas

Iniciativa do deputado Capitão Assumção visa atender alunos autistas, que sofrem com hipersensibilidade sensorial

Por Marcos Bonn, com edição de Angèle Murad

Aluno e professora em sala de aula fazem cumprimento com as mãos
Alertas musicais são mais suaves e adequados para a realidade de alunos com TEA, aponta Assumção / Foto: Prefeitura de Curitiba (PR)

Sirenes e campainhas sonoras de escolas públicas e privadas deverão ser substituídas por alertas musicais a fim de respeitar a hipersensibilidade sensorial de alunos com transtorno do espectro autista (TEA). Isso é o que propõe o Projeto de Lei (PL) 244/2022, de Capitão Assumção (Patri).

De acordo com a matéria, unidades que não tenham alunos com autismo terão até 30 dias para se regularizarem a partir da matrícula do estudante com essa condição.

O parlamentar classifica a medida como fundamental porque em pessoas com transtorno do espectro autista alguns sons causam desconforto e pânico. Assumção ressalta que alertas musicais são mais suaves. 

Tramitação

Os deputados das comissões de Justiça, Educação e Finanças analisarão a matéria.

Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo
PEC da Polícia Científica começa a tramitar
Iniciativa desvincula os peritos da PCES, reforçando autonomia e independência da categoria. Cinco emendas já foram apresentadas à proposta
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo