Assembleia destaca atuação do setor agrícola

Sessão solene proposta pela deputada Janete de Sá reconheceu trabalho de produtores rurais e outros profissionais que atuam no campo

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito

Pessoas posam para foto recebendo homenagem
Vinte e nove pessoas foram homenageadas com a Comenda do Mérito Agrícola / Foto: Ellen Campanharo

A Assembleia Legislativa (Ales) prestou homenagem aos trabalhadores, técnicos, pesquisadores e produtores rurais capixabas com a entrega da Comenda do Mérito Agrícola para 29 pessoas. A sessão solene, proposta pela deputada Janete de Sá (PSB), aconteceu nesta quarta-feira (22), no Plenário Dirceu Cardoso.

Fotos da sessão solene
 
A homenagem foi antecipada por conta do início do período eleitoral, a partir de 1º de julho, quando não poderá haver mais eventos deste tipo. Nos anos sem período eleitoral, a comenda é entregue em julho, próximo do Dia Nacional do Agricultor, que é comemorado no dia 28 de julho.

A deputada Janete de Sá, que é presidente da Comissão de Agricultura da Ales, recepcionou os convidados e destacou a importância da agricultura do estado para a economia, transcendendo o estado e o país. 

“A agricultura do Espírito Santo é referência não apenas em nosso estado, mas em nosso país e além de nossas fronteiras. No exterior, onde nosso café é muito apreciado, o nosso mamão, a nossa pimenta do reino, o gengibre. Produtos que vêm de nossa terra, que vêm do trabalho de nossa gente, que são frutos de muita pesquisa, de muita orientação e trabalho”, registrou Janete. 

A deputada também destacou a integração das entidades públicas e privadas que estão “em constante interação visando o aprimoramento das técnicas agrícolas em benefício do produtor rural. Os produtores são os grandes responsáveis na produção agrícola, mas que são atualmente dependentes de políticas públicas e tecnologias para melhorar a produtividade e a qualidade dos alimentos e, consequentemente, o aumento da renda familiar e o desenvolvimento social e econômico de nosso estado”, registrou.

O deputado Luciano Machado (PSB) também deu as boas-vindas aos homenageados, destacando a importância da produção agrícola para a economia capixaba. 

Mais que alimento

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), Jorge Luiz e Silva, lembrou que o meio rural não produz apenas alimentos, apesar de seu papel na mesa das famílias do Brasil e do mundo. “Não produzimos só alimentos, produzimos água, energia, fibra e tudo isso vai se somar para que as pessoas tenham dias melhores”, enfatizou. 

O vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), Wesley Mendes, comentou que a produção brasileira agrícola alimenta 1,2 bilhão de pessoas no mundo. Mas ressaltou as dificuldades vividas pelos agricultores. “Nós, agricultores, sabemos o que precisamos fazer para alimentar essas pessoas: o custo do insumo, a dificuldade do transporte, o custo do diesel, a dificuldade de mão de obra para colher o café, a insegurança - que, graças a Deus, com o apoio do governo, o policiamento chegou mais forte. Temos muito a fazer porque não chegamos nem a 50% de nosso potencial”, avaliou Mendes.

Convidados

Além dos convidados que fizeram uso da palavra, compuseram a mesa o superintendente do Ministério da Agricultura, Aureliano Nogueira da Costa; o prefeito e o vice-prefeito de Itarana, Vander Enfermeiro e Professor Ozéas Baldotto, respectivamente; e os vereadores Teodoro Hammer, Clovis Braun, Valdemiro Jonas (Santa Maria de Jetibá); Breno do Salão (Ibiraçu); Carlos Agner (Itarana); Maicon Gomes (Boa Esperança); Pimenta Filho (Venda Nova do Imigrante); além do pastor da Igreja Batista Renovação, de Fundão, Carllan Andréas Almondes.

Mérito agrícola

A Comenda do Mérito Agrícola é conferida aos trabalhadores rurais, produtores, técnicos e pesquisadores voltados para a agricultura no estado. A solenidade de entrega acontece anualmente, próximo ao Dia Nacional do Agricultor, comemorado em 28 de julho. A criação da comenda foi de iniciativa da deputada Janete de Sá, em 2018.

Homenageados com a Comenda do Mérito Agrícola

Agno Tadeu da Silva
Anderson Geraldo Pagotto de Moura
Armindo Lemke 
Arthur Porto Miranda
Cesar Abel Krohling
Delcimar Ahnert 
Edmilson Firme Sião Neto
Fabricio Tonon segatto
Gerson Gonçalves de Laia
Gilberto Leite Vieira Júnior
João Carlos Jantorno
Jorge Luiz e Silva
José Adilson de Oliveira
José Adriano Rangel Gomes
José Arnaldo Alencar 
José Luiz Pimenta de Sousa
Lourenço Schulz 
Luis Carlos da Silva Gomes 
Odair Antonio Favaro
Paula Giacomin Cani 
Robson Almeida Britto
Rosenberg Bragança
Sereno José Gardin Rubert
Valdelino Cruz de Oliveira
Valdemar Flegler
Velmar Schulz 
Wesley Mendes
Paulo Henrique de Menezes Souza
Danilo Sanson

Deputados: Janete de Sá
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos
Câmara Federal tem cinco estreantes
Das 10 vagas reservadas ao Espírito Santo, cinco vão ser ocupadas por candidatos que nunca foram deputados federais
Meneguelli é o deputado mais votado da história
Ex-prefeito e ex-vereador de Colatina, Sérgio Meneguelli obteve 138.523 votos, superando a marca de Guerino Zanon, de 2006
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos
Câmara Federal tem cinco estreantes
Das 10 vagas reservadas ao Espírito Santo, cinco vão ser ocupadas por candidatos que nunca foram deputados federais