Majeski aborda problemas vividos por professores

Para ele, mudanças na carga horária e na rotina escolar sobrecarregam profissionais e prejudicam produtividade

Por Silvia Magna, com edição de Angèle Murad

Majeski em pé fala ao microfone na tribuna do plenário
Majeski criticou o que considera como excesso de burocracia / Foto: Lucas S. Costa

As dificuldades enfrentadas por professores da educação pública capixaba foram alvo de discurso do deputado Sergio Majeski (PSDB) durante a sessão ordinária desta quarta-feira (22). Segundo o parlamentar, que atuou como professor de Geografia, as mudanças na carga horária trazidas pelo ensino integral e a forma de fazer o registro da rotina escolar sobrecarregam os profissionais e prejudicam a produtividade nas escolas. 

Majeski explicou que essas questões foram apresentadas em reunião com o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, e representantes das superintendências regionais de educação. Para ele, houve aumento substancial das atividades para os docentes, que estão cada vez mais sobrecarregados e sem tempo para administrar todas as demandas.

“Com essa carga estendida chamada de ensino integral foram criadas outras disciplinas na escola. É uma infinidade de coisas que precisam ser planejadas. O professor tem uma carga horária de 40 horas, tem que dar 32 de aula, mas tem 8 de planejamento. Como é possível? Não há tempo hábil. Os professores precisam de cada vez mais tempo”, afirmou o parlamentar.

Para ele, é excessiva a burocracia estabelecida pela Sedu e cobrada pelas superintendências de educação. “Por exemplo, em Guaçuí e Cariacica, eles são obrigados a utilizar dois sistemas diferentes para inserirem as mesmas informações. Os sistemas não são unificados”, disse o parlamentar. Conforme pontuou, a forma adotada pela pasta nessas duas superintendências atrasa o trabalho e não é eficiente. 

“Quem lê essas planilhas? Depois de ler, o que é feito? Tem que fazer isso aluno por aluno. Vamos nos ater naquilo que dá resultado, a criar coisas, a amparar as escolas, que enfrentam uma quantidade imensa de problemas. Tá um peso imenso dentro das escolas, e as superintendências e a Sedu criam burocracia inútil que sabidamente não dá resultado nenhum no sentido de melhorar o desempenho”, afirmou Majeski.

Álbum de fotos da sessão ordinária

Estradas

O deputado Luciano Machado subiu à tribuna do Plenário Dirceu Cardoso para solicitar ao governo do Estado que ajude prefeituras do interior a custearem a aplicação do Revsol nas estradas de vários municípios. Segundo ele, várias indicações solicitando o produto foram atendidas, mas muitos gestores não têm como arcar com os gastos de transporte e aplicação. 

O Revsol é um produto utilizado para revestir o solo em estradas. O resíduo é obtido a partir do beneficiamento da escória de aciaria (local onde o aço é produzido na indústria) e serve como substituto de outros recursos naturais. 

Homenagem

Durante a sessão ordinária, o deputado Doutor Hércules (Patri) homenageou com certificado a atleta paraolímpica Lorrayne Aguiar, vencedora em uma disputa de atletismo na Suíça. Lorrayne é deficiente visual e atleta da União de Cegos Dom Pedro II (Unicep). “É um trabalho difícil, ser atleta não é fácil, já que não temos apoio”, disse. 

O deputado falou sobre a importância de apoiar o esporte capixaba como forma de fomentar a inclusão social. “O esporte é uma importante ferramenta. Promove a convivência em grupo, crescimento pessoal e percepção da participação social e respeito ao próximo”, ressaltou.  

Deputados: Sergio Majeski
PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina
Farmácias seguem tendo que informar sobre ofertas
Ales manteve veto do governo a projeto que desobriga segmento farmacêutico de informar ao consumidor comparativo com o preço anterior ao promocional
PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina