PR que cria comenda na Ales tramita em urgência

Comenda Martim Lutero pretende homenagear membros das Igrejas Luteranas no Espírito Santo

Por Gleyson Tete, com informações de Silvia Magna e edição de Nicolle Expósito

Deputados reunidos no plenário em sessão ordinária
Pedido de prazo para análise de veto trancou pauta da Ordem do Dia nesta terça-feira / Foto: Ellen Campanharo

Os parlamentares aprovaram requerimento de urgência para o Projeto de Resolução (PR) 8/2022, que cria a Comenda do Mérito Legislativo “Martim Lutero”. A matéria, de Adilson Espindula (PDT), teve o pedido acolhido durante o Expediente sujeito à deliberação da sessão ordinária da Assembleia Legislativa (Ales) desta terça-feira (21). 

De acordo com a iniciativa, a honraria é destinada a contemplar os membros das Igrejas Luteranas do Espírito Santo. Ela deverá ser concedida a 30 homenageados em sessão solene a ser realizada na Casa, preferencialmente, no mês de outubro de cada ano. 
Lutero, que dá nome à comenda, foi um monge e teólogo germânico, sendo considerado uma das principais figuras da chamada Reforma Protestante.

Ele contestou diversos dogmas do catolicismo romano e, em 31 de outubro de 1517, afixou na porta da igreja do Castelo de Wittenberg as 95 teses que refletiam os pensamentos dele. Por conta disso, foi excomungado pela Igreja Romana e perseguido no Sacro Império Romano-Germânico.

Com a aprovação do pedido, a proposição agora está apta a compor a pauta da Ordem do Dia da próxima sessão, a ser realizada na manhã desta quarta-feira (22).

Fotos da sessão ordinária

Trancamento da pauta

Nove itens faziam parte da Ordem do Dia, mas nenhum deles chegou a ser analisado porque permaneceu em prazo regimental, na Comissão de Justiça, o veto do Executivo ao Projeto de Lei (PL) 164/2022. A proposta do Coronel Alexandre Quintino (PDT) exclui o segmento de farmácia das exigências da Lei 11.377/2021, que obriga estabelecimentos comerciais a informarem ao consumidor, em caso de promoção, o valor da oferta e o preço anterior praticado para a venda de produto ou serviço.
 

Segundo a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), embora não exista inconstitucionalidade formal, a proposta transgride o princípio da igualdade ao conferir um tratamento específico, mais benéfico, para apenas um ramo do setor varejista, excluindo os demais que se encontram em situação semelhante e que apresentam as mesmas dificuldades relatadas na justificativa da proposta.

Todos os itens constantes na pauta voltam a compor a Ordem do Dia na sessão ordinária híbrida de amanhã.

PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina
Farmácias seguem tendo que informar sobre ofertas
Ales manteve veto do governo a projeto que desobriga segmento farmacêutico de informar ao consumidor comparativo com o preço anterior ao promocional
PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina