PL prevê treinamento de pais para socorrer bebês

Iniciativa define que hospitais e maternidades ofereçam curso para que pais ou responsáveis por recém-nascidos aprendam a agir em casos de engasgamento

Por Wanderley Araújo, com edição de Nicolle Expósito

Mulher com farda do Corpo de Bombeiro, pressiona palma da mão em boneca coloca de dorso no braço
Raquel Lessa chama a atenção para a importância de preparar os pais para situações de emergência / Foto: Secretaria de Segurança Pública de Sergipe

A deputada Raquel Lessa (PP) elaborou proposta visando treinamento dos pais em técnicas de primeiros socorros no sentido de salvar a vida de bebês vítimas de engasgamento. Conforme o Projeto de Lei (PL) 209/2022 os hospitais e maternidades no âmbito do Estado deverão oferecer capacitação sobre a "manobra de Heimlich" utilizada nesse tipo de emergência. 

Conforme o texto, o treinamento pode ser ministrado individualmente ou em grupos de interessados antes da alta do recém-nascido. A informação a respeito do treinamento deverá ser afixada em locais visíveis nos hospitais das redes pública e privada. 

A proposta será analisada pelas comissões de Justiça, de Saúde, de Cidadania e de Finanças.

Mortes por engasgamento

Para justificar a importância da proposta, Raquel Lessa cita que, segundo dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), uma média de 15 crianças morrem por dia no Brasil vítimas de engasgamento, ingestão de corpo estranho ou sufocamento. 

A deputada cita também que outra causa de morte de recém-nascidos é a asfixia, principalmente quando provocada pelo regurgitamento do leite materno.  

Técnica

No projeto a deputada explica que a manobra de Heimlich é uma técnica de primeiros socorros utilizada para desobstruir garganta fechada com pedaço de comida ou qualquer tipo de corpo estranho. 

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar são constantemente acionados para este tipo de salvamento, mas o tempo para atendimento é essencial para a sobrevivência da vítima.

Na manobra de Heimlich, utilizam-se as mãos para fazer pressão sobre o diafragma da pessoa engasgada, o que provoca uma tosse forçada, que faz com que o objeto seja expulso das vias aéreas. A manobra deve ser utilizada em caso de obstrução total das vias aéreas por corpo estranho, impedindo completamente o fluxo de ar para o pulmão.

Segundo a matéria, a técnica a ser utilizada é simples e fácil de ser aprendida, podendo ser efetuada pelos pais da criança ou por qualquer pessoa que receba o treinamento necessário. 

Deputados: Raquel Lessa
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio