Janete cobra combate a homicídios de mulheres

Deputada mostrou preocupação quanto às mortes violentas de mulheres no município de Vila Velha e conclamou diversos segmentos a se unirem contra a violência de gênero

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito | Atualizado há 1 mês

Deputada Janete de Sá fala em microfone na tribuna do plenário
Conforme Janete, de janeiro até agora Espírito Santo registrou 42 homicídios de mulheres / Foto: Ana Salles

A crescente violência contra as mulheres no estado e o atual nível de indisciplina dentro das salas de aula nas escolas foram dois assuntos em destaque na sessão ordinária da Assembleia Legislativa (Ales), na tarde desta terça-feira (17). Outro tema em pauta foi o aumento dos combustíveis no país. 

Fotos da sessão ordinária

A deputada Janete de Sá (PSB) subiu à tribuna para denunciar a onda de violência contra as mulheres. No estado, segundo ela informou, já ocorreram, em 2022, 42 homicídios de mulheres, 11 deles em Vila Velha. Das mortes ao longo deste ano, 13 foram feminicídios. A deputada chamou de “matança de mulheres” o que está acontecendo em Vila Velha.

“É preciso ver o que está acontecendo em Vila Velha pra tantas mulheres serem mortas no município. A maior matança de mulheres no Espírito Santo, atualmente, é no município de Vila Velha, um município que sempre foi pacífico, de boa qualidade de vida, gente civilizada”, ressaltou. 

A deputada disse que vai conversar com o prefeito do município, Arnaldinho Borgo, e apelar para alguma ação dos poderes públicos e religiosos para encontrar uma solução de combate à violência, principalmente contra as mulheres.

A parlamentar destacou que apesar de a Lei Maria da Penha ser contundente contra o feminicídio, é necessário envolver o maior número de atores possível no enfrentamento à violência de gênero. “Precisamos fazer uma grande reunião, um grande tratado, uma grande articulação com as lideranças religiosas, as lideranças comunitárias, com os prefeitos municipais, com o governo, com o Ministério Público, o Tribunal de Justiça, a Defensoria Pública, com todos os segmentos”, elencou. 

Indisciplina

A indisciplina em sala de aula nas escolas do estado foi assunto abordado pelo deputado Sergio Majeski (PSDB), ao comentar um episódio de mau comportamento que resultou na expulsão de uma aluna de sala de aula pelo professor. 

Ele disse que o problema de indisciplina aumentou nas escolas pós-pandemia. Entretanto, considera que o professor tem que ter equilíbrio e não perder o controle em uma situação de indisciplina. Para ele, parte das famílias perdeu o controle sobre os filhos. “Como esse jovem vai respeitar o professor?", questionou. 

“Como se pode esperar que professores, pedagogos, os profissionais da educação consigam controlar esse jovem e esse adolescente, se as escolas não têm mecanismos efetivos pra isso? Porque, hoje, as regras disciplinares são muito flexíveis. Há um excesso na questão de que o aluno está sempre certo, de que o aluno está coberto de razão. A situação é gravíssima”, observou o deputado, e concluiu que as escolas não estão tendo nenhum suporte para lidar com essa situação.  

Preço dos combustíveis

Os altos preços dos combustíveis e suas consequências para a economia capixaba e do país foram abordados no discurso do deputado Luiz Durão (PDT). Ele afirmou que o preço do óleo diesel afeta toda a cadeia produtiva, encarecendo a produção e os preços agrícolas em todo o Brasil. Durão disse que os caminhoneiros autônomos do Espírito Santo, desde quinta-feira (12), estão em greve por causa dos preços dos combustíveis, o que pode causar um possível desabastecimento, já afetando o embarque de produtos em navios.

O deputado deu como exemplo a colheitadeira, que gasta ao dia a média de 500 litros de óleo diesel. De uma despesa de R$ 2.500 diários no mês passado, agora são gastos R$ 3.500.

“O agricultor gasta mais dinheiro no abastecimento de máquinas agrícolas e no frete, o que deixa toda a produção mais cara, não só para ele, mas também aqui na ponta. O diesel participa de todo o processo, desde a aração, plantio e tratamento, até a colheita”, exemplificou o deputado. 

Durão lembrou que os combustíveis com preços mais altos causam efeito cascata em toda a cadeia, aumentando o preço do transporte, adubos e insumos. E sem poder de barganha por comprar em menor quantidade, os pequenos produtores são ainda mais prejudicados. Por fim, destacou que os aumentos influenciam na alta da inflação, e que a conta é paga pelo cidadão. 

Turismo

Majeski comentou a potencialidade do turismo capixaba, bem como a pouca exploração do setor no âmbito nacional. Destacou o abandono em que se encontra o centro histórico de Vitória. Falou do Teatro Carlos Gomes, fechado há anos, o Mercado da Capixaba, o casario antigo do centro, a igreja do Rosário, a Catedral e a igreja do Carmo. 

“Vitória é a capital de todos os capixabas, querida pela maioria dos capixabas e tem um potencial imenso para o turismo. O turismo é a atividade que mais gera empregos porque mexe com o setor de transporte, alimentação, hospedagem, financeiro, artesanato. Santa Leopoldina, por exemplo, está pedindo socorro. Aquele casario imenso logo vai se perder”, exemplificou o deputado. 

Doutor Hércules reforçou o potencial turístico do estado e destacou as atrações de Cachoeiro de Itapemirim. O deputado lembrou que o município do sul do estado tem mais atrações e visitações turísticas do que muitas cidades da Grande Vitória e citou a Casa dos Braga, da família de Rubem Braga, como exemplo.  

PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina
Farmácias seguem tendo que informar sobre ofertas
Ales manteve veto do governo a projeto que desobriga segmento farmacêutico de informar ao consumidor comparativo com o preço anterior ao promocional
PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina