Falta de água é tema de audiência pública

Comissão de Cidadania se reúne extraordinariamente nesta quinta (24), às 15 horas, com moradores de Vitória e gestores da Cesan; veja ao vivo pela TV Assembleia

Por João Caetano Vargas, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 4 meses

Mão em torneira
Moradores da Grande Vitória vêm enfrentando problemas de desabastecimento de água / Foto: Arquivo Cesan

O desabastecimento frequente de água em bairros da Grande Vitória será pauta da audiência pública da Comissão de Cidadania da Assembleia Legislativa (Ales), nesta quinta-feira (24), às 15 horas. Participam da reunião virtual a diretora de Comunicação da Associação de Moradores do Centro de Vitória (Amacentro), Suzana Tatagiba; o representante da Comissão de Cobrança Roda de São Pedro, Heldry Bramdemburg; e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do ES (Sindaema), Fábio Smarçaro. Os trabalhos serão transmitidos pela TV Assembleia e canal do Legislativo no YouTube.

A diretoria da Amacentro se reuniu, na última quinta-feira (17), com a Cesan para cobrar soluções para as recorrentes interrupções no abastecimento da região. Na ocasião, a empresa garantiu que não faltará mais água no Centro de Vitória, nos finais de semana. Para resolver o problema, o diretor da companhia, Thiago Furtado, informou que alterou o horário da manutenção na Estação do Vale Esperança, que vinha ocorrendo aos sábados pela manhã e vinha prejudicando a população e os comerciantes da Capital. O serviço passará a ser realizado durante a madrugada.

Carro-pipa

A Cesan também disponibilizou o serviço de abastecimento por meio de carro-pipa, caso haja necessidade, por meio do telefone 115 ou pela agência virtual. Representando a empresa, participarão da reunião desta quinta o diretor operacional, Thiago José Gonçalves Furtado; a gerente de projetos, Amanda Bragatto; o gerente metropolitano Norte, André Luis Lima; o gerente de obras, Daniel Santos da Silva; o gerente da Unidade Gestora de PPP, Douglas Couzi; o gerente metropolitano Sul, Valdik Fanchiotti; e o químico Rafael Alves.

Projeto de Lei

A reunião foi proposta pela deputada Iriny Lopes (PT). A parlamentar apresentou ao Legislativo estadual uma proposta que estabelece desconto na tarifa de água e esgoto das residências que tiverem algum prejuízo no abastecimento ou na qualidade da água, em todo o estado. O Projeto de Lei (PL) 87/2022 passará por análise nas comissões de Justiça, Saúde, Defesa do Consumidor e Justiça antes de ser apreciado pelo Plenário. 

“Durante o Carnaval e após o feriado, a Cesan deixou mais de 200 bairros sem água, sem qualquer iniciativa para explicar, ou minimizar o problema, algo que só veio fazer após ser cobrada pelo Procon e Ministério Público. Moradores de Vitória reclamam que a falta de água tem sido uma constante e as desculpas sempre são as mesmas: sistema em manutenção. A comissão foi provocada por representantes de moradores e agendou essa reunião extraordinária para que a empresa ouça esses usuários e se explique, diga o que vai fazer não só em Vitória, mas em toda a Região Metropolitana, para resolver em definitivo essa questão, porque as pessoas estão pagando caro por um serviço precário”, afirmou Iriny. 

Comissões: Cidadania
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular