PLC amplia Conselho Estadual de Educação

Matéria cria assento para Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar, além de um a mais para representantes da comunidade científica

Por Marcos Bonn, com edição de Angèle Murad

Deputado Vandinho Leite fala em microfone
Se aprovadas as alterações propostas por Vandinho, conselho passará a ter 18 membros / Foto: Lucas S. Costa

De autoria do deputado Vandinho Leite (PSDB), o Projeto de Lei Complementar (PLC) 17/2022 altera a composição do Conselho Estadual de Educação (CEE). A medida aumenta um assento para representantes da comunidade acadêmico-científica, totalizando nove, e cria outro para o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar do Estado do Espírito Santo (SindEducação-ES).

Com as alterações o CEE passaria a ter 18 membros, e não mais 16. O parlamentar lembra que, mesmo com aproximadamente 10 mil trabalhadores em todo o estado e 30 anos de existência “defendendo os direitos, fiscalizando e ampliando benefícios para os trabalhadores administrativos no segmento da educação privada”, o sindicato não conta com uma cadeira no conselho.

Tramitação

A proposta passará pelas comissões de Justiça, Educação e Finanças. Como teve o regime de urgência aprovado na sessão desta segunda-feira (21), os colegiados emitirão parecer oral à matéria em plenário. 

Proposta similar

Na Assembleia Legislativa, tramita uma proposta similiar ao PLC 17/2021. Iniciativa de Gandini (Cidadania), o PLC 14/2021 assegura assento no conselho para SindEducação-ES, ampliando para o número de membros do CEE para 17. 

 

Deputados: Vandinho Leite
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros