Proposta rota para resgatar missões jesuítas

Trajeto vai passar por 12 cidades do interior capixaba, refazendo percurso realizado pelos jesuítas

Por Gleyson Tete, com edição de Angèle Murad

Santuário com cruz e sino, paredes brancas e portas e janelas em azul
Anchieta, onde está o Santuário José de Anchieta, será um dos municípios da rota / Foto: Hélio Filho/Setur ES

Em breve o Espírito Santo poderá ganhar uma rota oficial de caráter religioso. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 92/2022, que cria a rota denominada “Caminho Missões Jesuítas”. A matéria foi apresentada na Assembleia Legislativa (Ales) pelo deputado Coronel Alexandre Quintino (PSL).

De acordo com a proposição, o trajeto deverá ser declarado como de relevante interesse turístico e cultural. Os municípios que irão fazer parte do percurso são Castelo, Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins, Vargem Alta, Alfredo Chaves, Guarapari, Anchieta, Piúma, Itapemirim, Marataízes, Presidente Kennedy e Cachoeiro de Itapemirim.

Na justificativa do projeto, Quintino lembra que, no passado, a região foi ocupada pelos índios puri-coroados, integrantes do tronco macro-jê, e que, por volta de 1625, os jesuítas fundaram na localidade as Missões de Montes do Castello (atual Castelo) e fizeram a catequese dos indígenas, que também eram utilizados na busca pelo ouro e nas atividades agrícolas de subsistência. 

O parlamentar ressalta que, anualmente, acontece nas localidades o evento chamado Caminho Missões Jesuítas, que possui como intuito divulgar esse roteiro histórico capixaba. “Os inscritos percorrem os 350 km das missões feitas pelos jesuítas do século XVII, há quase 400 anos”, enfatiza. Para ele, a criação da rota vai favorecer as atividades de agroturismo no percurso.

Em caso de aprovação e sanção da iniciativa, a nova legislação passa a valer na data de sua publicação em diário oficial.

Tramitação

O PL 92/2022 terá parecer das comissões de Justiça, Turismo e Finanças antes de ser votado pelo Plenário. 

Lei 

Atualmente, o Espírito Santo conta com a rota turística “Os Passos de Anchieta”,  integrada pelos municípios de Vitória, Vila Velha, Guarapari e Anchieta. Segundo a Lei 11.326/2021, a rota resgata o percurso feito pelo padre jesuíta Anchieta na faixa litorânea do Estado, entre Vitória e Anchieta. 

Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular