Transporte de café em pauta no Cooperativismo

Colegiado conheceu trabalho de cooperativa de São Gabriel da Palha que, em 2021, foi responsável pelo transporte de quase 1 milhão de sacas de café para vários estados 

Por Titina Cardoso, com edição de Angèle Murad

Tela de computador mostra imagens de participantes de reunião virtual
Colegiado de Cooperativismo realizou reunião virtual nesta manhã / Foto: Lucas S. Costa

A Comissão de Cooperativismo da Assembleia Legislativa (Ales) conheceu, em reunião virtual realizada nesta terça-feira (8), os trabalhos desenvolvidos pela Cooperativa dos Caminhoneiros de São Gabriel da Palha (Coopcam). A apresentação foi feita pelo presidente do grupo, Advaldo Antônio Zottelle, e pela agente administrativa e de desenvolvimento humano da Coopcam, Gizeli Silva.  

A Coopcam foi fundada há 14 anos pela união de 20 motoristas e, hoje, conta com 330 cooperados, sendo 250 ativos, para realizar transporte de cargas e de passageiros. O grupo atua nas regiões norte e sul do estado, e também no sul da Bahia, nos municípios de Itabela e Teixeira de Freitas. 

Em 2021, os motoristas da Coopcam foram responsáveis pelo transporte de 952,7 mil sacas de café para diversos estados do Brasil. O volume de carga é fruto de uma parceria com outra cooperativa de São Gabriel da Palha, a Cooabriel, que é a maior do segmento de café conilon no país. A Coopcam é responsável pelo transporte de 90% do café da Cooabriel. 

Outra parceria é com a Coopeavi, de Santa Maria de Jetibá, e o coletivo de motoristas é responsável pelo transporte de produtos lácteos. 

Faturamento

De acordo com a apresentação dos representantes da Coopcam, a cooperativa quase dobrou seu faturamento nos últimos três anos. Em 2018, o faturamento foi de R$ 20 milhões, enquanto, no ano passado, somou R$ 39 milhões. Também em 2021 foram recolhidos R$ 3,9 milhões em tributos municipais, estaduais e federais. 

O representante da OCB-ES, David Duarte Ribeiro, destacou que a Coopcam é reconhecida nacionalmente como uma das cooperativas mais organizadas no sistema de transporte de cargas. 

Já o presidente da Comissão de Cooperativismo, deputado Pr. Marcos Mansur (PSDB), ressaltou a relevância do setor para a economia capixaba. “O cooperativismo no Espírito Santo é muito pujante e há participação significativa das nossas empresas cooperativas no PIB (Produto Interno Bruto) do nosso estado. Fico feliz porque a gente pode mostrar um trabalho forte. Essa é uma das cooperativas do setor mais organizadas no Brasil. E, às vezes, a população capixaba não conhece esse trabalho de excelência”, reforçou o parlamentar. 

Comissões: Cooperativismo
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio