Resolução de demandas é relatada em reunião

Representantes de moradores e das empresas Cesan e EDP participaram de reunião da Comissão de Defesa do Consumidor

Por Silvia Magna, com edição de Angèle Murad

Deputado de costa vê monitor de computador e no patamar abaixo pessoas sentadas
Comissão de Defesa do Consumidor realizou reunião híbrida / Foto: Lucas S. Costa

A resolução das demandas apresentadas por síndicos da Grande Vitória foi pauta da reunião da Comissão de Defesa do Consumidor nesta segunda-feira (21), que recebeu representantes da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) e da concessionária EDP, que falaram sobre obras realizadas em Vila Velha e na Serra.

De acordo com Regina Bianca Dalapícola, gestora de um condomínio localizado em Itaparica, Vila Velha, as obras de elevação e rede coletora que impedem o extravasamento do esgoto na região foram concluídas no início de fevereiro. “Os moradores sofriam com o problema há 20 anos. Então, os síndicos se uniram e cobraram do poder público”, disse.

Segundo Douglas Oliveira Couzi, gerente da Cesan, o trabalho começou em outubro de 2021 e a previsão de conclusão era para março deste ano, mas foi possível entregar no início de fevereiro. Couzi informou que foram investidos R$ 800 mil com a construção do elevatório, além de mil metros de rede coletora, juntamente com linha de recalque, fazendo com que o problema fosse resolvido. 

“Obra de grande profundidade, já que os esgotos da região demandavam essa técnica, que contou com rebaixamento do lençol freático para que fosse possível.  O trabalho beneficiou aproximadamente dez mil pessoas. Uma obra que ficou praticamente imperceptível, tendo apenas as tampas à vista”, informou o gestor da Cesan.

Álbum de fotos da reunião da Comissão de Defesa do Consumidor

Condomínio na Serra

O representante da EDP na reunião, Orlando Sena, informou que a demanda apresentada pelo Condomínio Solar dos Bem-Te-Vis, localizado na Serra, foi atendida. Ele declarou que a religação de energia foi feita dentro do condomínio e que o próximo passo será a ligação da energia nos apartamentos. 

Nesse caso, segundo Sena, os moradores deverão entrar em contato com a concessionária e solicitar individualmente o serviço. Ele informou que, das 80 unidades, dez já tiveram a energia restabelecida. 

“Cabe aos moradores acionarem a EDP com CPF, Carteira de Identidade e informações sobre o apartamento para solicitarem a religação. A comunicação pode ser feita nas unidades de atendimento, pelo chat ou enviando o pedido pelo síndico”, orientou.

Fios 

Quanto à substituição dos fios elétricos utilizados na obra e questionados por moradores, por serem considerados de baixa qualidade e impróprios, o representante da Vivace Engenharia alegou que o laudo encomendado pela empresa ficou pronto na última semana e já foi disponibilizado aos moradores. A informação foi rechaçada pelo presidente do colegiado, deputado Vandinho Leite (PSB). 

“Laudo de empresa particular realizado por outra empresa privada não tem efeito. O que vale é o laudo do Ipem”, disse Vandinho, referindo-se ao Instituto de Pesos e Medidas. 

Os fios utilizados na construção do condomínio foram fabricados pela Luzzano Condutores Elétricos, fechada em 2021 por irregularidades nos materiais comercializados. O dono da empresa chegou a ser preso pela Delegacia de Defesa do Consumidor da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), em operação integrada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa (Ales) e Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-ES). A operação, denominada “Elétron”, também resultou na interdição da fábrica e retirada dos produtos do mercado capixaba.

PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina
Farmácias seguem tendo que informar sobre ofertas
Ales manteve veto do governo a projeto que desobriga segmento farmacêutico de informar ao consumidor comparativo com o preço anterior ao promocional
PLs incluem estradas do sul em plano estadual
Quatro vias em Cachoeiro, uma em Alegre e outra em Vargem Alta podem passar a fazer parte da malha rodoviária estadual
Doutor Hércules alerta para risco da diabetes
Parlamentar repercutiu, na sessão, dado da Sociedade Brasileira de Angiologia sobre amputação em decorrência da doença 
PLC fixa número de policiais por habitante
Proposta começou a tramitar na sessão ordinária desta quarta, quando também foi lido projeto que reduz o ICMS da gasolina