Aprovada urgência para estadualização de estrada

Trecho entre Colatina e Linhares tem cerca de 25 quilômetros e poderá ser incluído em plano rodoviário para que Estado assuma manutenção e conservação da via

Por Gleyson Tete, com informações de Marcos Bonn e edição de Nicolle Expósito

Deputados Marcos Garcia e Luiz Durão
Deputados Marcos Garcia e Luiz Durão são autores de projeto para estadualização de via / Foto: Lucas S. Costa

Os deputados acataram requerimento de urgência para o Projeto de Lei (PL) 55/2022, que autoriza o Estado a receber trecho de estrada municipal localizada entre os municípios de Colatina e Linhares e incluí-lo ao Plano Rodoviário Estadual. A matéria, assinada pelos deputados Luiz Durão (PDT) e Marcos Garcia (PV), teve o pedido aprovado na sessão ordinária híbrida da Assembleia Legislativa (Ales) desta terça-feira (15).

O trecho em questão margeia o Rio Doce pelo lado sul, começando no polo de Bebedouro, em Linhares, e terminando no polo de Maria Ortiz, em Colatina. O Estado deverá arcar com todas as despesas de construção e manutenção realizadas na via a partir da data efetiva da sua incorporação à malha estadual.

Conforme a virtual lei, o governo assumirá todos os ônus, incluindo os passivos ambientais e resoluções de questões jurídicas para a viabilização do processo de incorporação.

Álbum da sessão ordinária

Na justificativa da proposta os parlamentares explicam que as futuras melhorias na estrada vão facilitar o escoamento da produção agrícola e também incrementar o turismo na região. “O local tem se destacado como rota turística em razão dos diversos prêmios recebidos pelo alambique Princesa Izabel, que fica nesse trecho e atrai muitos visitantes, aumentando o número de veículos de passeio”, ressaltam.

Com o acolhimento do requerimento de urgência, a proposição agora está apta a fazer parte da pauta da Ordem do Dia desta quarta-feira (16), podendo ser analisada de forma oral pelos colegiados de Justiça, Infraestrutura e Finanças, antes de ser votada pelo Plenário da Casa.

Novos projetos

Seis novas proposições foram lidas no Expediente para simples despacho e começaram a tramitar na Casa. Entre elas o PL 58/2022, do Pr. Marcos Mansur (PSDB), que responsabiliza condutores por danos materiais causados ao patrimônio público estadual em caso de acidente de trânsito provocado pelo consumo de álcool ou substâncias psicoativas. A matéria foi encaminhada para as comissões de Justiça, Cidadania, Segurança, Saúde e Finanças.

Ordem do Dia

Na Ordem do Dia os deputados mantiveram por 22 votos contra 4 o veto parcial ao Projeto de Lei (PL) 140/2019, do ex-deputado Euclério Sampaio (DEM), que estabelece normas para a infraestrutura sanitária em eventos organizados em espaços públicos ou privados no Estado. A inciativa virou a Lei 11.453/2021 e a parte vetada foi em relação a penalidades impostas aos infratores.

Na sequência o deputado Gandini (Cidadania) solicitou prazo regimental na Comissão de Justiça no veto parcial ao Projeto de Lei (PL) 388/2021, do Dr. Emílio Mameri (PSDB), que institui a Política Estadual de Prevenção de lesões autoprovocadas e do Suicídio no Estado e deu origem à Lei 11.466/2021. Assim, “trancou” a pauta e os demais projetos não foram analisados. Eles voltam a compor a pauta da sessão da manhã desta quarta.

Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio