PL pede estadualização de trecho da BR-484

Quintino quer que governo estadual assuma a manutenção de 33 quilômetros que ligam a ES-165 à BR-262

Por Aldo Aldesco, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 5 meses

Quintino de pé e de terno fala ao microfone na tribuna da Ales
Comissões de Justiça, Infraestrutura e Finanças vão analisar proposta de Quintino / Foto: Ana Salles

Trecho da BR-484, entre os municípios de Afonso Cláudio e Conceição do Castelo, poderá ser estadualizado. A via de 33 quilômetros, que atravessa o Distrito de Piracema, em Afonso Cláudio, liga a rodovia ES-165 à BR-262. A proposta é objeto do Projeto de Lei (PL) 29/2022, do deputado Coronel Alexandre Quintino (PSL).

Quando a Assembleia Legislativa autoriza o Executivo a estadualizar um trecho de rodovia, federal ou municipal, a via passa a fazer parte do plano rodoviário estadual. Isso significa que o governo estadual assume todas as despesas de construção, manutenção, investimento e custeio. 

Na sessão ordinária desta quarta-feira (16), os deputados estaduais aprovaram requerimento para que a matéria tramite em urgência. Assim, a proposta está apta para ser inserida na pauta da próxima sessão plenária – ordinária ou extraordinária – para receber parecer oral das seguintes comissões da Casa: Justiça, Infraestrutura e Finanças. 

Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular