Deputados: chuvas pedem ações contínuas

Parlamentares frisaram a necessidade de ações permanentes e de cuidados com o meio ambiente para prevenir os impactos decorrentes das chuvas

Por Titina Cardoso, com edição de Nicolle Expósito

Deputado Bruno Lamas aparece em telão no plenário da Assembleia
Deputado Bruno Lamas apontou necessidade de divulgar programa preventivo realizado pela Defesa Civil / Foto: Lucas S. Costa

A votação do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 4/2022 – que reconhece o estado de calamidade pública em São José do Calçado decorrente das fortes chuvas que atingiram a localidade – despertou a necessidade de se debater sobre ações contínuas de prevenção. Em sessão extraordinária nesta quarta-feira (12), os parlamentares se manifestaram sobre o tema, destacando formas de divulgação do trabalho preventivo desenvolvido pela Defesa Civil, por exemplo, e também a necessidade de preservação do meio ambiente para reduzir os impactos provocados pelos fenômenos naturais.

O deputado Bruno Lamas (PSB) foi um dos que se manifestaram sobre o assunto. “Temos que ter atenção durante todo o ano em relação a isso. Eu me refiro à abordagem desses assuntos em sala de aula como temas transversais. Sabemos que o governo do Estado tem um bom programa de prevenção coordenado pela Defesa Civil. Que esse programa possa ser apresentado na Assembleia Legislativa pelo menos duas vezes por ano para dar publicidade”, comentou.

Veja as fotos da sessão extraordinária

Já para a deputada Iriny Lopes (PT), é preciso um olhar mais atento para as questões ambientais: “É óbvio que a chuva é um fenômeno da natureza. Mas essas enchentes ou secas duradouras estão ligadas ao modo como temos tratado o meio ambiente. As agressões, a falta de atenção estatal e da sociedade para com o convívio com o meio ambiente. Isso vai desde o entupimento das bocas de lobo até o desmatamento, a falta de drenagem e o assoreamento de diversos rios. Esse cuidado com a questão ambiental se torna cada dia mais presente e deve envolver cada dia mais pessoas”, salientou.

Desde o fim do ano passado, os municípios capixabas, principalmente os do sul do estado, vêm sofrendo os impactos das chuvas, com alagamentos e deslizamentos e cerca de 2 mil pessoas desalojadas ou desabrigadas. Outros estados também foram fortemente impactados pelas chuvas, como Bahia e Minas Gerais. 

Veto à matéria sobre ICMS encabeça pauta
Comissão de Justiça já emitiu parecer acatando veto total à proposta que prevê desempenho em meio ambiente como critério para partilha do ICMS aos municípios
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos
Meneguelli é o deputado mais votado da história
Ex-prefeito e ex-vereador de Colatina, Sérgio Meneguelli obteve 138.523 votos, superando a marca de Guerino Zanon, de 2006
Veto à matéria sobre ICMS encabeça pauta
Comissão de Justiça já emitiu parecer acatando veto total à proposta que prevê desempenho em meio ambiente como critério para partilha do ICMS aos municípios
Bolsonaro é o preferido dos capixabas
O atual presidente obteve 52,23% dos votos computados contra 40,40% do ex-presidente Lula no estado; os dois vão disputar o segundo turno
Magno Malta é eleito para 3º mandato no Senado
Eleito com 41,95% dos votos válidos, Malta retorna ao Congresso nacional para representar o estado por oito anos