Janete propõe comenda para associativismo

Iniciativa pretende homenagear empresários e empreendedores que trabalham de forma colaborativa em torno do interesse comum

Por Gabriela Zorzal, com edição de Nicolle Expósito

Deputada Janete de Sá fala em microfone no plenário da Assembleia
Deputada Janete de Sá é autora do projeto para criação da comenda / Foto: Lucas S. Costa

Por meio do Projeto de Resolução (PR) 33/2021, a deputada Janete de Sá (PMN) quer criar a Comenda do Mérito Legislativo “Associativismo Empresarial”. A honraria é destinada a empresários que são, ou já tenham sido, presidentes de associações ou, ainda, aqueles que participem ativamente do associativismo do Espírito Santo.

Janete explica, na justificativa da matéria, que a criação da comenda foi um pedido da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Espírito Santo (Faciapes) e da Associação Empresarial da 5ª Região de Vila Velha (Assevel).

“O objetivo é agraciar aqueles empresários e empreendedores que trabalham em prol da gestão dos negócios capixabas. O associativismo é um modelo de colaboração entre empresários que têm interesses em comum. Ele busca a troca de experiências através do conhecimento para lidar com a competitividade do mercado buscando sempre o menor custo e o maior resultado”, registra a parlamentar.

Tramitação

Sobre essa matéria, a Mesa Diretora da Casa se posicionou pela tramitação em conjunto com o PR 12/2021, de autoria do deputado Theodorico Ferraço (DEM). A proposta cria a Comenda do Mérito Legislativo Comendador Camilo Cola, para homenagear pessoas, empresas e entidades que se destacam por suas iniciativas para o desenvolvimento industrial, empresarial e de transportes de passageiros e cargas no estado.

Deputados: Janete de Sá
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular