José de Anchieta pode ser patrono de comenda

Honraria pretende homenagear membros da Igreja Católica e demais entidades religiosas que se destacam por serviços prestados à sociedade

Por Marcos Bonn, com edição de Nicolle Expósito

Deputado Carlos Von fala em microfone no plenário da Assembleia
Von destaca que Anchieta, o padre que virou santo, contribuiu para outras áreas, além da religiosa / Foto: Ellen Campanharo (interna)/Lissa de Paula/Arquivo (capa)

Por meio do Projeto de Resolução (PR) 34/2021, o deputado Carlos Von (Avante), espera criar a Comenda do Mérito Legislativo São José de Anchieta. A honraria será usada para homenagear membros da Igreja Católica e demais entidades religiosas que se destacam por serviços prestados à sociedade.

Segundo o PR, poderão ser entregues até 30 comendas por ano durante sessão solene a ser realizada na Assembleia Legislativa (Ales), preferencialmente no mês de junho (em 9 de junho comemora-se o dia do santo, data municipal de Anchieta). A medalha da honraria deverá ter a imagem do patrono.

Além do trabalho de personalidades religiosas, a iniciativa homenageia São José de Anchieta pela sua contribuição histórica, sobretudo na introdução do cristianismo no país, atuação que lhe conferiu o título de Apóstolo do Brasil, embora tenha nascido nas Ilhas Canárias, território espanhol.

Von lembra que o padre teve atuação em outras áreas, como literatura, dramaturgia e história. Foi o autor da primeira gramática brasileira. Anchieta fundou a cidade capixaba de mesmo nome, onde morou até a morte, em 9 de junho de 1957, aos 63 anos. Ele foi beatificado em 1980 e canonizado no ano de 2014.

Tramitação

Os colegiados de Justiça, Assistência Social e Finanças analisarão a matéria. 
 

Deputados: Carlos Von
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular