Monte Aghá pode virar patrimônio imaterial

Medida pretende servir como reforço para proteção do monumento natural localizado no sul do estado

Por Patrícia Bravin, com edição de Nicolle Expósito

Pessoas observam o mar e o pôr do sol em cima de monte rochoso
Com mais de 300 metros de altitude, Monte Aghá é ponto turístico e marco para navegação / Foto: Prefeitura de Piúma (interna)/Deidson Ribeiro/Portal 27 (capa)

O deputado Carlos Von (Avante) é autor do Projeto de Lei (PL) 636/2021, que pretende declarar o Monte Aghá, localizado entre os municípios de Piúma e Itapemirim, patrimônio imaterial e turístico do Estado do Espírito Santo. O monumento pode ser avistado a dezenas de quilômetros da costa e, além da beleza natural, também é procurado para a prática de esportes. Tem ainda o fato de figurar entre lendas regionais.

Carlos Von explica que, com aproximadamente 340 metros de altitude, o monte é usado como marco para navegação em todo o litoral sul do Estado, justamente por ser de fácil visibilidade e de grande destaque. O monumento natural também oferece vários atrativos para a prática de escaladas, ciclismo de montanha, trilhas para passeios e de voo livre. Em seus pés estão localizadas as praias de Itaipava e de Piúma.

Proteção

O Monte Aghá está situado dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) da Lagoa Guanandy e foi tombado pelo Conselho Estadual de Cultura em dezembro de 1985.

O deputado Carlos Von acredita que o projeto de lei de sua autoria será mais uma forma de garantir a preservação do local.  “A Carta Magna, em seus artigos 23 e 24, estabelece a competência também estadual para proteção e conservação dos patrimônios e recursos naturais, bem como a valorização e proteção de quaisquer patrimônios dotados de valor histórico, paisagístico e turístico, o que categoricamente se amolda ao caso do presente projeto”, explica.

O projeto tramitará pelas comissões de Constituição e Justiça; Turismo e Desporto; e Finanças.

Referência

O Monte Aghá é o pano de fundo das fotografias e das lembranças de milhares de turistas que visitam o litoral sul capixaba.  Von informa na justificativa que o nome do monumento teve origem com os índios Puris e significa “lugar de ver Deus”. Expressão, inclusive, utilizada em uma canção do cantor Beto Cauê que embalou multidões no trio elétrico desde os anos 1990. “Oh que lindo lugar de ver Deus. Oh que doce lugar pra se amar”, diz a música “Vem viver Piúma”.

Rota turística

O Monte Aghá é tema do Projeto de Lei 181/2021 que também tramita na Casa. Apresentada pelo deputado Coronel Alexandre Quintino (PSL), a proposta é criar uma rota turística para atrair investimentos e desenvolvimento para a região.

Deputados: Carlos Von
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo
PEC da Polícia Científica começa a tramitar
Iniciativa desvincula os peritos da PCES, reforçando autonomia e independência da categoria. Cinco emendas já foram apresentadas à proposta
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo