Operação Elétron: fios irregulares podem ser de 2015

O delegado Eduardo Passamani, que lidera as investigações, participou de reunião da Comissão de Defesa do Consumidor

Por Marcos Bonn, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 1 mês

Tela exibe imagem de Eduardo Passamani com uniforme onde está escrito Polícia Civil
Passamani dá orientações a quem comprou fiação de empresa investigada / Foto: Lucas S. Costa

A reunião virtual da Comissão de Defesa do Consumidor desta segunda-feira (29) contou com a participação do delegado Eduardo Passamani, que integra a Operação Elétron em parceria com o colegiado da Casa. Segundo o delegado, as investigações feitas pela Polícia Civil (PC) apontam indicativos de fiação produzida com irregularidade desde 2015, e não só desde 2019.

“Desde 2015 esse material pode estar sendo produzido de forma irregular”, pontuou o titular da Delegacia de Defesa do Consumidor. Passamani também comentou sobre o caso de Jailson Alberto Preciso, responsável por obra em Laranja da Terra, que comprou mais de 8 mil metros de cabos da Luzzano, empresa investigada. 

“O Ipem (Instituto Estadual de Pesos e Medidas) já confirmou que o material está em desconformidade, apresenta também irregularidade que leva ao aumento de consumo de energia e o risco de incêndio.” A orientação do titular é que as pessoas que adquiriram a fiação da marca procurem a Comissão de Defesa do Consumidor ou a delegacia para fazer a ocorrência. 

Segundo afirmou, a PC conseguiu o bloqueio de parte do patrimônio do empresário envolvido nas irregularidades para garantir o ressarcimento financeiro das empresas que instalaram essa fiação. “Recebeu em inconformidade, faça uma nova instalação, desinstale esse fio, esse fio é perigoso. Registre a ocorrência”, orientou Passamani. 

Álbum de fotos da reunião da Comissão de Defesa do Consumidor

Pico de energia

Aliny Maria Alves e Daniele Curti, moradoras de Costa Bela, na Serra, criticaram os constantes picos na rede elétrica que têm causado prejuízos (devido aos eletrodomésticos “queimados”) a quem reside ou tem comércio na região. Conforme os relatos, um transformador é insuficiente para garantir a demanda do bairro e cobraram ações da EDP. Elas reforçaram a reclamação feita pela vereadora Elcimara Loureiro (PP).

O representante da concessionária, Orlando Sena, adiantou que, nesta quarta-feira (1°), técnicos da empresa vão voltar ao bairro e dessa vez vão instalar um aparelho para fazer a medição gráfica mais ampla da rede elétrica por sete dias consecutivos em busca de oscilações. A projeção é que o relatório de monitoramento fique pronto em 9 de dezembro. 

O presidente da comissão, Vandinho Leite (PSDB), sugeriu que o caso volte à pauta em reunião após a data final do relatório. Também participou do encontro desta segunda-feira o deputado Delegado Danilo Bahiense (sem partido).

Covid: projeto cria data para lembrar vítimas
Objetivo é recordar as mortes e prestar solidariedade às pessoas que convivem com as sequelas da doença
PL cria política para estudante com epilepsia
Medida de Renzo Vasconcelos visa permitir que pessoas com essa condição recebam o acompanhamento educacional adequado
PL garante alimento a estudantes nas férias
Itens da merenda escolar deverão ser entregues na forma de cesta básica, prevê projeto
Deputados: chuvas pedem ações contínuas
Parlamentares frisaram a necessidade de ações permanentes e de cuidados com o meio ambiente para prevenir os impactos decorrentes das chuvas
Covid: projeto cria data para lembrar vítimas
Objetivo é recordar as mortes e prestar solidariedade às pessoas que convivem com as sequelas da doença
PL cria política para estudante com epilepsia
Medida de Renzo Vasconcelos visa permitir que pessoas com essa condição recebam o acompanhamento educacional adequado
PL garante alimento a estudantes nas férias
Itens da merenda escolar deverão ser entregues na forma de cesta básica, prevê projeto