Comissão especial do petróleo é prorrogada

Em reunião extraordinária, colegiado aprovou a transposição dos trabalhos para a próxima sessão legislativa

Por Aldo Aldesco, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 13 dias

Marcelo Santos sentado atrás de mesa onde há microfone, copo de água e computador
Marcelo Santos é o presidente do colegiado / Foto: Lucas S. Costa

Em reunião extraordinária e virtual, a Comissão Especial do Petróleo, Gás e Energia da Assembleia Legislativa (Ales) decidiu prorrogar os trabalhos, aprovando a transposição do funcionamento do colegiado para a próxima sessão legislativa (2022). Com isso, o colegiado funcionará até 22 de dezembro do próximo ano, quando termina a atual legislatura.

A comissão especial foi criada pela Resolução 5.910, de 12 de fevereiro de 2019, para debater e propor sugestões sobre a prospecção, exploração e produção de petróleo, gás e outras fontes de energia no estado do Espírito Santo. 

Mesmo seu prazo de funcionamento estando determinado desde a sua criação, ao final de cada sessão legislativa, segundo o Regimento Interno da Casa, é preciso formalizar a transposição para o ano seguinte. A deliberação tem de passar pela comissão e pelo Plenário da Ales.

Participaram da reunião o presidente da comissão, deputado Marcelo Santos (Podemos); e o deputado Xambinho (PL), membro efetivo do colegiado. 

Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Não há notícias referenciadas.