Plenário aprova reajuste em subsídio de professor

Segundo o governo estadual, autor da proposta, remuneração pode ser incrementada em até 25%

Por Marcos Bonn, com edição de Nicolle Expósito

Professor em sala de aula com alunos
Medida atualiza a carreira e a remuneração dos professores / Foto: Lucas S. Costa

Em reunião extraordinária nesta quarta-feira (27), os parlamentares aprovaram nova progressão funcional de professores da rede estadual de ensino e a nova tabela de remuneração por subsídio. O Projeto de Lei Complementar (PLC) 36/2021 foi aprovado por 24 votos a favor e nenhum contra após passar por reunião conjunta dos colegiados de Justiça, Cidadania, Educação e Finanças.

Na terça-feira (26), ao fazer o anúncio da reestruturação do Plano de Carreira do magistério, o governador Renato Casagrande (PSB) explicou que o percentual médio de correção é de 18,5%. Também informou que o professor que tem nível superior, por exemplo, vai receber uma correção de 25% no salário inicial. 

Enquanto relatava a matéria, Gandini (Cidadania) chegou a pedir a suspensão da sessão para analisar emenda apresentada por Sergio Majeski (PSB). O socialista sugeriu que o percentual de aumento entre as referências da progressão subisse para 3%, em vez de 2%, ao longo de um ano.

Fotos da sessão 

No retorno da sessão, Gandini explicou que não poderia acatar a emenda, uma vez que ela não apresentava impacto financeiro. De acordo com ele, o recálculo sugerido tornaria a matéria inviável. Respondendo ao Dr. Rafael Favatto (Patri), o relator afirmou que aposentados que optaram por subsídio também seriam contemplados com as mudanças.

Majeski criticou a urgência para votação do PLC e considerou que a matéria conta com “armadilhas” na mudança dos níveis da progressão, que passaram de 3% para 2%. Conforme disse, isso causará perdas aos profissionais no médio e longo prazos.

No entanto, Freitas (PSB) ressaltou que a minoria dos servidores não optou por essa modalidade de vencimento e Dary Pagung (PSB), líder do governo na Casa, defendeu que a medida proposta pelo Executivo promove ganho salarial para a classe de professores.

Veja como ficou a Ordem do Dia da sessão extraordinária

  • Projeto de Lei Complementar 33/2021, oriundo da Mensagem Governamental 431/2021, que altera dispositivos da Lei Complementar, dispõe sobre a atuação da Procuradoria-Geral do Estado na representação judicial e extrajudicial, a consultoria e o assessoramento jurídico da Junta Comercial do Estado do Espírito Santo – Jucees e dá outras providências. Aprovado;
  • Projeto de Lei 626/2021, oriundo da Mensagem Governamental 428/2021, que altera o Anexo Único da Lei 10.600, de 15 de dezembro de 2016, que estabelece a divisão administrativa do Estado do Espírito Santo, a denominação dos municípios, suas divisas e confrontações. Votação sobrestada;
  • Projeto de Lei Complementar 36/2021, oriundo da Mensagem Governamental 491/2021, que reorganiza a tabela remuneratória por subsídio e estabelece regras para progressão funcional para os servidores da carreira do Magistério. Aprovado.
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica