Lei disciplina reciclagem de óleo de cozinha

Norma publicada nesta terça-feira (26) determina que estabelecimentos industriais e comerciais promovam destinação adequada de óleos e gorduras

Por Gleyson Tete, com edição de Nicolle Expósito | Atualizado há 1 mês

Recipiente de armazenamento de óleo de cozinha destinado à reciclagem
Medida pretende evitar danos ambientais do descarte indiscriminado de óleo culinário / Foto: Lucas S. Costa

Norma sobre o descarte de óleo de cozinha está entre as cinco novas leis originárias da Assembleia Legislativa (Ales) publicadas no Diário Oficial do Espírito Santo (DIO/ES) desta terça-feira (26). Enfrentamento à violência contra minorias, conscientização sobre o albinismo, mudanças na comanda de bares e restaurantes e título para município são outros temas das legislações.

A Lei 11.443 determina que estabelecimentos industriais e comerciais que utilizem óleos e gorduras de origem animal ou vegetal para uso culinário acondicionem tais produtos em recipientes adequados e façam a destinação para locais apropriados, como postos de arrecadação credenciados ou serviços de coleta seletiva. O autor da iniciativa foi o deputado Dr. Rafael Favatto (Patri), presidente da Comissão de Meio Ambiente, por meio do Projeto de Lei (PL) 1.019/2019.

Marielle Franco

Todo dia 14 de março passa agora a ser celebrado como o Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra Mulheres Negras, LGBTQIA+ e Periféricas. A Lei 11.441 teve como base o PL 123/2021, de Iriny Lopes (PT), e a ideia é que a data estimule o debate sobre a criação de políticas públicas de enfrentamento à violência política contra os segmentos alcançados pela nova lei.

Marielle era uma mulher negra e bissexual, criada na periferia do Rio de Janeiro. Socióloga e defensora dos direitos humanos, foi eleita vereadora pelo Psol-RJ em 2016. Ela foi morta a tiros em 14 de março de 2018 junto com o motorista Anderson Gomes. Dois acusados do crime foram presos, mas os mandantes ainda não foram identificados.

Albinismo

O Espírito Santo também passa a ter o Dia Estadual de Conscientização sobre o Albinismo (Lei 11.444), a ser celebrado em 13 de junho. O autor da proposição que deu origem à lei (PL 544/2020) foi o deputado Doutor Hércules (MDB), que destacou a necessidade de conscientizar a sociedade sobre o tema e dar assistência para as pessoas com albinismo. O assunto também chegou a ser discutido no colegiado de Saúde da Casa, presidido pelo emedebista.

Biodiversidade

Ainda entrou em vigor a Lei 11.442, que declara o município de Guarapari Capital da Biodiversidade Marinha do Espírito Santo. Segundo Carlos Von (Avante), presidente da Comissão de Turismo e proponente do PL 936/2019, a finalidade é incentivar a pesquisa na região sobre as espécies da fauna e flora marinhas presentes nos recifes e no litoral da cidade.

Comandas

Com veto parcial, foi publicada também a Lei 11.446/2021 de autoria de Gandini.  A norma proíbe que bares, restaurantes e casas noturnas divulguem, nas comandas de serviços, aviso de cobrança de multa em caso de perda do cartão pelo consumidor. Para o autor, a prática é considerada ilegal e abusiva pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC), pois o estabelecimento não pode transferir ao consumidor a responsabilidade pelo controle de suas vendas. 

O Executivo vetou os incisos II, III e IV do artigo 2º, que estabelece as penalidades aos infratores. O trecho vetado referia-se à suspensão temporária de atividade, cassação de licença do estabelecimento ou da atividade e interdição total ou parcial do estabelecimento. Segundo a mensagem de veto, os órgãos estaduais não têm competência para expeidir alvará de funcionamento, atribuição de iniciativa do município. Há, portanto, uma invasão de competência. 

Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica