Assembleia homenageia associação evangélica

A entidade beneficente Aebes comemora 65 anos de atividades na área da saúde

Por Patrícia Bravin, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 1 mês

Uma criança e cinco adultos em pé; um deles traz comenda no pescoço e segura um certificado
Homenageados receberam a Comenda Ylza Bianco / Foto: Ana Salles

Gestores de hospitais filantrópicos e líderes religiosos que fazem parte da história da Associação Evangélica Beneficente Espiritossantense (Aebes) foram homenageados pela Assembleia Legislativa (Ales) em sessão solene na noite de quarta-feira (20), no Plenário Dirceu Cardoso. A iniciativa foi do deputado Doutor Hércules (MDB).

Álbum de fotos da sessão solene

Aebes foi fundada em 1956, a partir da união de membros das igrejas Batista, Presbiteriana do Brasil, Presbiteriana Unida, Metodista Cristã, Casa de Oração e Confissão Luterana. O objetivo era construir um hospital para atendimento de qualidade que pudesse suprir a carência na prestação de serviços de saúde da época. 

Em 1972, a Aebes inaugurou o Hospital Evangélico de Vila Velha. Hoje tem a gestão de três outras unidades: Maternidade Municipal de Cariacica, Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves e do Hospital Estadual de Urgência e Emergência de Vitória. Ao todo, a entidade gerencia 911 leitos hospitalares, 5,5 mil funcionários e 1.260 médicos.

O presidente da Aebes, Rodrigo André Seibel, citou uma frase bíblica que, segundo ele, motivou os líderes religiosos evangélicos a fundar a entidade. “Em Tiago 2, versículo 17, a Bíblia diz que a fé, se não for acompanhada de obras, está morta. Falar de Aebes é falar de comprometimento, de fé. As igrejas deixaram de lado as diferenças doutrinárias para se dedicar ao cuidado da alma e do corpo das pessoas. Não foi uma tarefa fácil. Foram 65 anos de muita luta”, contou.

Maturidade das instituições 

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, participou da solenidade e destacou que a Aebes administra cerca de R$ 400 milhões de recursos públicos por ano. Para ele, a entidade é uma demonstração de maturidade das instituições do terceiro setor:

“E a melhor demonstração disso foi no início da pandemia, quando transformou o Jayme Santos Neves no segundo maior hospital da América Latina para tratamento da Covid”, afirmou. “A Aebes é a garantia que todo recurso será transformado em dignidade para os capixabas”, pontuou.

A vice-governadora Jacqueline Moraes (PSB) definiu a atuação da Aebes em três palavras: transparência, responsabilidade e compromisso. “A Aebes é uma instituição que representa não só o nosso governo, mas a sociedade capixaba. É o cristianismo verdadeiro colocado em prática. É uma missão de dedicação e amor”, concluiu. 

Homenageados 

O deputado Doutor Hércules (MDB) , presidente da Comissão de Saúde da Ales e proponente do evento, entregou 30 Comendas do Mérito Ylza Bianco, condecoração criada pelo parlamento capixaba para homenagear entidades e personalidades que tenham atuação importante no terceiro setor. 

“Onde a Aebes coloca a mão, a gente tem certeza de que vai dar certo. Preciso falar da honra que sinto em poder fazer essa solenidade e ter um histórico de ligação com essa entidade, uma das melhores representantes da importância do terceiro setor. Não se vê nenhuma denúncia de corrupção. Isso é seriedade”, destacou Doutor Hércules. 

Homenageados

  1. Alexandre Bittencourt
  2. Aline Carvalho Pires Rodrigues 
  3. Andressa Rodrigues Trindade
  4. Angeliely Thais Tavares Goldner 
  5. Carlos Alberto Emerich Gomes
  6. Dulcinéia Linhares de Souza
  7. Dyoce Viana Faria
  8. Flavianne Miranda De Aguiar 
  9. Hélcio Couto 
  10. João Batista da Silva 
  11. Jose Carlos Gomes Nilson de Oliveira Freitas
  12. Juliana da Hora Santiago  
  13. Laerce Saudino Cardoso
  14. Marirley da Silva Barbosa Zanon
  15. Nesio Fernandes De Medeiros Junior
  16. Nilson de Oliveira Freitas
  17. Pastor Alexander Mendes Cunha
  18. Pastor José Candido Sobrinho 
  19. Pastor Lemim Vieira Lemos
  20. Pastor Sinodal Ismar Schiefelbein  
  21. Reverendo Jailto Lima do Nascimento
  22. Reverendo Manoel De Souza Miranda
  23. Ricardo Ewald
  24. Roberta da Matta Ferreira Machado 
  25. Rodrigo Andre Seidel 
  26. Shirley Coutinho Rodrigues
  27. Thayná Silveira Alpohim
  28. Theresa Cristina Cardoso da Silva
  29. Sirlene Motta de Carvalho;
  30. Vera Mantelmacher


Mesa

Acompanharam o deputado Doutor Hércules na mesa o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes; a vice-governadora Jacqueline Moraes; o presidente da Associação Médica do Espírito Santo, Leonardo Lessa Arantes; o presidente da Federação dos Hospitais Filantrópicos do ES, Fabrício Gaede; a diretora-geral do Hospital Evangélico de Vila Velha, Sirlene Motta De Carvalho; o representante do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde, Bartolomeu Martins; o vereador de Vila Velha Joel Rangel; o cardiologista e suplente de senador Schariff Moysés; a representante do Conselho Regional de Enfermagem Sandra Cavati Ribeiro Santos; o presidente da Aebes, Rodrigo André Seide, e o diretor de Relações Intitucionais da entidade, Ricardo Ewald.

Deputados: Doutor Hércules
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica