Educadores recebem homenagem na Ales

Cerimônia para celebrar o Dia do Professor contou também com a presença de entidades e de gestores públicos da área

Por Aldo Aldesco, com edição de Angèle Murad | Atualizado há 1 mês

Cinco homenageados com comenda e certificado e no meio deles Bruno Lamas
Sessão solene ocorreu no Plenário Dirceu Cardoso e foi iniciativa do deputado Bruno Lamas / Foto: Ellen Campanharo

Por conta do Dia do Professor, comemorado no dia 15 de outubro, a Assembleia Legislativa (Ales) homenageou, em sessão solene, educadores, representantes de entidades da educação e gestores, na noite de terça-feira (19), no Plenário Dirceu Cardoso.

O deputado Bruno Lamas (PSB), presidente da Comissão de Educação e proponente do evento, conduziu a entrega da Medalha Educador Capixaba Renato Pacheco e da Comenda Domingo Martins aos agraciados.

Álbum de fotos da solene

Também estiveram presentes à cerimônia o deputado Dary Pagung (PSB); a vice-governadora Jacqueline Moraes (PSB); o secretário estadual da Educação, Vitor de Angelo; o secretário estadual de Educação de Mato Grosso, Alan Resende Porto, entre outras autoridades.

Comemoração e desafios

O tom dos que fizeram uso da palavra foi em sua maioria de elogios à educação praticada no estado, com as ressalvas sobre os baixos salários, os desafios trazidos pela pandemia e a volta às aulas presenciais. 

Para ilustrar a importância do educador, Bruno Lamas disse que, no Japão, o único cidadão que está dispensado de se curvar diante do imperador é o professor. Deu exemplos de recuperação da Coreia do Sul e também do Japão graças ao desenvolvimento na área de educação. Ainda criticou o pouco reconhecimento que se dá à educação no país. 

A vice-governadora Jacqueline Moraes também ressaltou a importância da educação e do professor e, como exemplo, contou que, quando criança, uma professora lhe disse que ela poderia alcançar o que quisesse. “A voz do professor na vida de um aluno muda a sua história”, pontuou.

Qualidade da educação

O secretário estadual da Educação, Vitor de Angelo, falou que a valorização do professor é um processo e disse que concorda que o educador não é recompensado financeiramente. Destacou que a valorização dos professores, para ele, não é apenas financeira e que é preciso valorizar também o seu papel social. 

Para o secretário, o professor busca ser uma ponte para traduzir o mundo para o aluno. “Como é bonito ver que a pessoa entende aquilo que você ensina. Para quem trabalha com alfabetização, isso é maravilhoso”, afirmou. 

O secretário estadual da Educação de Mato Grosso, Alan Porto, explicou que os salários dos professores em seu estado estão entre os melhores do país, mas a qualidade da educação está entre os piores. Por isso, ele visitou o estado do Espírito Santo para conhecer o ensino capixaba, que ele considera de qualidade. 

O secretário de Educação de Cariacica, José Roberto Martins Aguiar, pontuou que o plano de carreira e outras melhorias das condições de trabalho são as expectativas dos professores. E considerou que a educação no estado tem avançado muito.

Reivindicação

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), Gean Nunes, apelou ao secretário da Educação que “olhe com carinho” a carreira do professor e o reajuste dos salários da categoria. Por fim, registrou que a volta às aulas presenciais tem de ser feita “com muito cuidado”.

A vice-presidente do Sindicato dos Professores do Espírito Santo (Sinpro-ES), Silvana Cruz, destacou a importância da educação da ação dos professores, e disse que são muitos os desafios, entre eles baixa remuneração, qualidade da educação e as condições de trabalho. 

O presidente da Associação dos Diretores e dos Ex-Diretores das Escolas da Rede Pública Estadual de Ensino (Adires), Carlos Frederico, elogiou a atual gestão estadual que, segundo ele, tem investido na educação como nunca ele presenciou. Afirmou que a valorização dos professores é um conjunto de ações e vai além dos salários. 

A presidente do Conselho Municipal de Educação de Vitória (Comev), Zoraide Barbosa, disse que é em sala de aula que a escolarização se materializa e lembrou daqueles profissionais que tombaram por causa da pandemia. Registrou seu protesto pelas dificuldades para a realização da educação a distância na capital. “Toda a educação on-line foi financiada unicamente por professores, pais e alunos. Os professores não receberam um centavo do município de Vitória”, revelou. 

Mesa

Acompanharam o deputado Bruno Lamas na mesa o deputado Dary Pagung (PSB); a vice-governadora Jacqueline Moraes; o secretário estadual da Educação, Vitor de Angelo; o secretário Estadual de Educação de Mato Grosso, Alan Resende; o secretário de Educação de Cariacica, José Roberto Martins Aguiar; o presidente do Conselho Estadual da Educação (CEE), Artelírio Bolsonello; o presidente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino (Sinepe), Moacir Lelis; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), Gean Nunes; a vice-presidente do Sindicato dos Professores do Espírito Santo (Sinpro-ES), Silvana Cruz; o presidente da Associação dos Diretores e dos Ex-Diretores das Escolas da Rede Pública Estadual de Ensino (Adires), Carlos Frederico; a presidente do Conselho Municipal de Educação de Vitória, Zoraide Barbosa; e os vereadores Rurdney Silva (Serra), Alessandra Fassarela (Vargem Alta) e Valéria Rosalém (Ibiraçu).

Homenageada com a Comenda Domingos Martins

Simone Moreira Biondo Rodrigues

Homenageados com a Medalha Educador Capixaba Renato Pacheco

  1. Zoraide Barboza de Souza;
  2. Cleonara Maria Schwartz;
  3. Marcelo Ribett;
  4. Dorcas Rodrigues silVa de Recaman;
  5. Emanuele Freitas da Silva;
  6. Lucimara Maria de Jesus;
  7. Rurdiney da Silva;
  8. Artelírio Bolsanello;
  9. Hélio Henrique Marchion;
  10. José Augusto Pontes Gomes;
  11. Elaíse Carla Soneghetti;
  12. Nourival Cardozo Júnior;
  13. Carlos Frederico Jordão Ghidin;
  14. Renata Moreira França Gomes;
  15. Silvana de Azevedo Cruz;
  16. Luciana Bonfim Rebonato;
  17. Maria Aparecida do Nascimento Almeida;
  18. Rita de Cássia Tiradentes Reis;
  19. Maria Dolores Pimentel de Rezend;
  20. Maria Perpétua Silva Vieira de Jesus;
  21. Weber José Vargas Mülle;
  22. Ronaldo Borel de Freitas;
  23. Neuzely Gomes Glória;
  24. Manoel Augusto Polastreli Barbosa;
  25. Filipe Massini Sanches Matos;
  26. Vítor Amorim de  ngelo;
  27. Cidimar Andreatta;
  28. Eucy Rossi Pagani;
  29. Maria Lúcia Pizzáia;
  30. Felipe Júnior Maurício Pomuchenq.
     
Deputados: Bruno Lamas
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica