Sessão traz 3 urgências e mais 5 projetos para votar

Das matérias que já contam com parecer de comissões da Casa está proposta que condiciona implantação de estabelecimento prisional estadual à anuência do município

Por Redação Web Ales, com edição de Angèle Murad

Deputados em pé e sentados, de costas, e no fundo mesa e painel eletrônico do Plenário
Sessão ordinária terá deputados em plenário e também por videoconferência / Foto: Tonico

Três matérias em urgência e outros cinco projetos que foram analisados por comissões da Casa são os destaques da pauta de votação desta quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa.

Entre as matérias com trâmite especial e que terão parecer oral dos colegiados, durante a sessão ordinária, está o Projeto de Lei (PL) 604/2021, que dispõe sobre a isenção de ICMS incidente nas operações relativas ao arroz e o feijão. A proposta de Alexandre Xambinho (PL) é que o governo conceda benefício tributário a esses produtos, a partir da adesão do Estado a convênios de ICMS já adotados em São Paulo e Rio de Janeiro.

O PL 604/2021 está em análise na Comissão de Justiça, sob a relatoria de Gandini (Cidadania), e ainda passará por Finanças antes de ser votado pelo Plenário. Confira as outras urgências:

  • PL 508/2020, de Adilson Espindula (PTB), altera lei sobre a Política Estadual de Recursos Hídricos e o Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado. Será apreciado pelas comissões de Justiça, Meio Ambiente e Finanças. Existe emenda supressiva sugerida pela Procuradoria e emenda modificativa do próprio autor para serem analisadas pelas comissões parlamentares.
  • PL 606/2021, de Gandini, altera a Lei 11.377/2021, excluindo os alimentos da obrigatoriedade que o estabelecimento comercial tem em anunciar o valor do produto em oferta junto com o preço imediatamente anterior à promoção. 

Mais projetos

Outros cinco projetos constam na pauta e estão aptos a serem votados, por já contarem com pareceres de comissões da Casa. É o caso do PL 186/2019, iniciativa de dr. Rafael Favatto (Patri) que proíbe a implantação de estabelecimento prisional estadual sem a anuência do município. A proposição foi acolhida pelas comissões de Justiça e Finanças, com emenda, e rejeitada pelo colegiado de Finanças. 

Também aguardando votação está o PL 1.031/2019, no qual Dr. Hércules (MDB) defende que grandes centros comerciais disponibilizem área para atendimento de primentos socorros, bem como serviço de remoção médica. Aprovado pela Comissão de Justiça com emenda supressiva, a matéria foi acolhida também pelos colegiados de Saúde e Finanças. 

A pauta traz ainda a discussão de propostas que receberam parecer de inconstitucionalidade na Comissão de Justiça. Confira a lista completa, consultando a Ordem do Dia

Ao vivo

A sessão ordinária será híbrida, com deputados no Plenário Dirceu Cardoso e outros participando por videoconferência. Acompanhe ao vivo, a partir das 9 horas, as votações e os debates, na Grande Vitória pela TV Assembleia, nos seguintes canais: 3.2 aberto e digital, 319.2 da GVT, 12 da NET, 23 da RCA e 519.2 da Sky. Também terá transmissão on-line pelo YouTube, Facebook e site da Casa. A sessão terá intérprete para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica