Lei veda proibição de foto em supermercado

Medida que proíbe coação de consumidores que desejarem fazer fotos ou filmagens no interior de estabelecimentos é uma das 14 novas leis publicadas nesta sexta (15)

Por João Caetano Vargas, com edição de Nicolle Expósito

Pessoa guia carrinho em corredor de supermercado
Proibição de fotografia e filmagem em supermercado fere direito do consumidor, justifica Gandini / Foto: Lucas S. Costa

Catorze novas leis de autoria parlamentar foram publicadas nesta sexta-feira (15), sendo 12 no Diário Oficial do Estado (DIO) e duas no Diário do Poder Legislativo (DPL). Destaque para a Lei 11.433/2021, que veda mercados e supermercados de proibir o consumidor de fazer registros fotográficos ou filmagens dentro dos estabelecimentos. A iniciativa é do deputado Gandini (Cidadania) e resulta do Projeto de Lei (PL) 176/2019.

Essa lei foi sancionada pelo governador Renato Casagrande (PSB) com veto parcial à proposta original. O veto trata das penalidades para quem descumprir a lei. Fica mantida a multa para quem descumprir, mas o governador vetou as demais sanções, como a suspensão temporária da atividade e ainda a cassação da licença e a interdição do estabelecimento.

Direito a desconto

Também de autoria de Gandini, foi publicada a Lei 11.434/2021, oriunda do PL 856/2019. A norma obriga as instituições financeiras sediadas no estado a afixarem cartaz ou aviso informando aos consumidores o direito a desconto na liquidação antecipada de débito. Nesses casos, a redução proporcional de juros e acréscimos é garantida pelo Código de Defesa do Consumidor, estabelecido pela Lei Federal 8.078/1990. A lei também foi sancionada com veto parcial, ao artigo 2º do projeto, que estabelecia penalidades para os infratores.

Selo de acessibilidade

Está criado o “Selo de Acessibilidade” no Espírito Santo. Instituído pela Lei 11.435/2021, de autoria do deputado Doutor Hércules (MDB), o certificado de qualidade será concedido aos municípios capixabas que adotem medidas que promovam a acessibilidade e a inclusão de pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção. O projeto original do parlamentar previa a concessão de benefícios e incentivos fiscais aos municípios premiados, mas o artigo recebeu veto do governador.

Vacina para doadores de medula

Os doadores voluntários de medula óssea do Espírito Santo agora estão incluídos no grupo prioritário de vacinação gratuita contra o vírus da gripe. A medida está garantida pela Lei 11.423/2021, de Torino Marques (PSL). Para ter direito ao benefício, a pessoa deverá comprovar sua inscrição junto ao Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

A nova lei foi promulgada pelo próprio presidente do Legislativo, deputado Erick Musso (Republicanos), tendo como base o artigo 66 da Constituição Estadual, que dá essa prerrogativa ao chefe do Parlamento nos casos em que o governador não se pronuncia no prazo de 15 dias após aprovação pelo Plenário da Assembleia.

Regulação de veículos

Foi sancionada também a Lei 11.432/2021, do deputado Marcelo Santos (Podemos). O objetivo dela é revogar a legislação em vigor referente à utilização de veículos em diversos aspectos e condições no âmbito do Estado. A iniciativa faz parte do “Revisa Ales”, projeto para organizar a legislação capixaba que busca, entre outras coisas, revogar normas que estão desatualizadas ou inoperantes.

Datas comemorativas

Entre as novas normas, sete tratam de datas comemorativas, alterando a Lei 11.212/2020, que consolida a legislação em vigor referente a relevantes datas e assuntos de interesse público no Estado. Outras duas são relativas à declaração de utilidade pública e uma dá nome a rodovia. Confira as leis publicadas: 
 

  • Lei 11.426/2021, de autoria de Iriny Lopes (PT): institui a Semana de Divulgação e Valorização do Estatuto da Criança e do Adolescente (Ecriad), a ser comemorada, anualmente, na segunda semana do mês de julho.
  • Lei 11.427/2021, de autoria de Doutor Hércules (MDB): institui o Dia Estadual de Conscientização do Combate ao Câncer, a ser lembrado, anualmente, em 4 de fevereiro.
  • Lei 11.428/2021, de autoria de Doutor Hércules (MDB): institui o Janeiro Roxo, mês de luta contra a hanseníase.
  • Lei 11.429/2021, de autoria de Bruno Lamas (PSB): institui a Semana de Conscientização sobre a Dislexia, a ser comemorada, anualmente, na semana do dia 8 de outubro.
  • Lei 11.430/2021, de autoria de Coronel Alexandre Quintino (PSL): institui o Dia Estadual da Consciência Indígena, a ser comemorado, anualmente, em 19 de abril.
  • Lei 11.431/2021, de autoria de Coronel Alexandre Quintino (PSL): institui o Dia Estadual da Paz e da Conciliação, a ser comemorado, anualmente, em 22 de julho.
  • Lei 11.425/2021, de autoria de Iriny Lopes (PT): declara de utilidade pública o Instituto Raízes, localizado em Vitória.
  • Lei 11.424/2021, de autoria de Adilson Espindula (PTB): declara de utilidade pública o Sindicato Rural de Domingos Martins e Marechal Floriano.
  • Lei 11.436/2021, de autoria de Dr. Emílio Mameri (PSDB): denomina Rodovia Dr. Miguel Hemerly Elias a Rodovia ES-485, com início na BR-101, no município de Rio Novo do Sul e término em Vargem Alta.
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica