Matéria isenta igrejas de ICMS em contas de água e luz

Concessionárias desses serviços e também empresas de telefonia passariam a não recolher esse imposto à Fazenda estadual

Por Aldo Aldesco, com edição de Angèle Murad

Mulher segura o telefone com uma mão e na outra segura contas de energia, telefone e água
Iniciativa é de autoria do deputado Vandinho Leite / Foto: Ana Salles

Isentar as igrejas e templos de quaisquer cultos de pagar às concessionárias de água, luz e telefone a parcela referente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). É o que propõe o Projeto de Lei (PL) 578/2021, apresentado pelo deputado Vandinho Leite (PSDB).

O deputado defende que haja isenção do ICMS cobrado na fatura de serviços, deixando as concessionárias de recolher tal imposto à Fazenda estadual. Para tal, a instituição religiosa deve fazer requerimento à prestadora do serviço, demonstrando a utilização do imóvel que ocupa.

No caso de o imóvel não ser próprio, deverá ser apresentado o contrato de locação, comodato, devidamente registrado, para comprovar o uso do espaço para realização de atividades religiosas. 

As prestadoras de serviços, por sua vez, deverão se responsabilizar pela veracidade das informações declaradas pelos templos e igrejas, sob o risco e ônus de ter de arcar e recolher o ICMS ao Estado.

As instituições religiosas já são isentas do pagamento de outros impostos federais, estaduais e municipais, de acordo com a justificativa do deputado. 

A matéria foi lida na sessão ordinária do último dia 27 de setembro e encaminhada para análise das comissões de Justiça, Cidadania e Finanças. 

Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular