Economia: Mameri propõe turno único na Ales

Ideia é estabelecer um horário fixo para os trabalhos com o objetivo de poupar água e energia

Por Gleyson Tete, com edição de Angèle Murad

Mameri sentado atrás de mesa usando máscara de proteção facial
Mameri está preocupado com a crise hídrica / Foto: Lucas S. Costa

Preocupado com o nível dos rios que fornecem água para a população capixaba, o deputado Dr. Emílio Mameri (PSDB) protocolou o Projeto de Resolução (PR) 21/2021, para instalar na Casa uma jornada de turno único com vistas a reduzir o consumo de água e luz nas dependências do Palácio Domingos Martins.

“O Espírito Santo está em ‘estado de alerta’. E nós também precisamos rever nossas atitudes coletivas e individuais enquanto poder público e cidadãos no sentido de preservar os recursos naturais”, destaca o tucano na justificativa da matéria.

De acordo com a proposta, o Legislativo estadual, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), deverá realizar – no prazo de 90 dias – estudos de viabilidade para implantação do turno único.

Mameri ressalta que reportagens veiculadas na mídia local apresentaram as inquietações de produtores rurais e especialistas com os baixos níveis dos rios Jucu e Santa Maria da Vitória. Além disso, afirma que a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) publicou resolução neste mês declarando o Espírito Santo em “estado de atenção” em relação aos recursos hídricos e recomendando o uso racional da água.

Segundo o parlamentar, o próprio diretor-presidente da Agerh, Fábio Ahnert, informou que a queda na vazão dos mananciais e a possibilidade de não ocorrência de chuvas em volumes suficientes demandam maior atenção do poder público, das companhias de abastecimento e dos usuários de água.

“Acreditamos que o Poder Legislativo estadual pode dar sua contribuição no momento em que toda a população do Estado pode ser atingida pela escassez de água e energia”, conclui. 

Tramitação

A proposta foi lida na sessão ordinária do último dia 29 de setembro e encaminhada para análise das comissões de Justiça, Cidadania e Finanças. 
 

Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais