Projeto altera conselho de trabalho e renda

Mudança na representação do Executivo no colegiado é necessária devido à fusão de secretarias estaduais

Por Silvia Magna, com edição de Angèle Murad

Renato Casagrande fala ao microfone de pé
Matéria é do Executivo e foi encaminhada por mensagem pelo governador / Foto: Ellen Campanharo

O Projeto de Lei (PL) 475/2021 altera a composição do Conselho Estadual de Trabalho, Emprego e Renda (Ceter) para regularizar a representação do Poder Executivo no grupo. A medida altera a Lei 9.837/2012, que criou o órgão no Estado.

O colegiado é tripartite e paritário, ou seja, com representantes de trabalhadores, empregadores e poder público e poderes iguais de deliberação. Ao todo, são 18 representantes, sendo seis integrantes para cada segmento.

Com caráter deliberativo, o conselho é responsável pela apreciação e aprovação da Política Estadual do Trabalho e articulação com as demais políticas setoriais. 

A recomposição do quadro representativo é necessária devido à incorporação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento  (Sedes) à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti). 

A fusão das pastas aconteceu em março de 2021, com a aprovação da Lei Complementar 963/2021, que deu origem à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides). 

Caso a matéria seja aprovada, a nova composição do Ceter passará a contar com um representante da Sectides e um da Secretaria de Estado de Governo. 

Tramitação

Na Assembleia Legislativa, o projeto do Executivo terá parecer de quatro comissões: Justiça, Cidadania, Ciência e Tecnologia e, por fim, Finanças. 
 

Ales celebra 181 anos da banda de música da PM
Iniciativa do deputado Coronel Alexandre Quintino, solene teve a entrega da Comenda Maurício de Oliveira
Deputados falam sobre prevenção à Covid
Dr. Emílio Mameri reforçou a importância da vacina e Capitão Assumção defendeu o uso de remédios do chamado "tratamento precoce"
Plenário aprova restrição para curso preparatório
Objetivo do projeto aprovado é coibir propaganda enganosa em cursos voltados para processos seletivos
Estado teve aumento de 6,9% na arrecadação
Dado é referente aos oito primeiros meses do ano e foi apresentado pelo secretário Marcelo Altoé em audiência de Finanças
Ales celebra 181 anos da banda de música da PM
Iniciativa do deputado Coronel Alexandre Quintino, solene teve a entrega da Comenda Maurício de Oliveira
Deputados falam sobre prevenção à Covid
Dr. Emílio Mameri reforçou a importância da vacina e Capitão Assumção defendeu o uso de remédios do chamado "tratamento precoce"
Plenário aprova restrição para curso preparatório
Objetivo do projeto aprovado é coibir propaganda enganosa em cursos voltados para processos seletivos
Não há notícias referenciadas.