Setor agrícola recebe homenagem da Ales

Produtores de vários municípios receberam comenda em reconhecimento à importância das atividades do campo na economia capixaba

Por Wanderley Araújo, com edição de Nicolle Expósito

Pessoas reunidas na mesa de trabalhos do Plenário Dirceu Cardoso
Homenagem foi proposta pela presidente da Comissão de Agricultura, deputada Janete de Sá (centro) / Foto: Lucas S. Costa

Produtores e dirigentes de entidades que apoiam o setor rural capixaba foram homenageados pelo Legislativo estadual com a entrega da Comenda do Mérito Agrícola durante sessão solene realizada na tarde desta quarta-feira (1º).

Ligada ao campo e filha de produtor rural, a superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Letícia Simões, esteve na lista dos homenageados. Ela afirmou que a entidade atua na formação profissional, promoção social e assistência técnica gerencial voltada para os homens e mulheres que exercem atividades no agronegócio e na agricultura familiar.

“Desenvolvemos esse trabalho em cerca de duas mil propriedades rurais capixabas; mais de 20 mil produtores já participaram de cursos oferecidos por nós desde o ano passado”, explicou. Entre os cursos, Letícia destacou o projeto Herdeiros no Campo, voltado para fixar os jovens no meio rural, preparando-os para os novos desafios do agronegócio.

Veja fotos dos homenageados

O presidente do Sicoob no Espírito Santo (regiões Norte e Central), Bento Venturim, também recebeu a comenda. Ele explicou que a instituição financeira cooperativa, que fomenta o desenvolvimento em diversos segmentos, tem no setor agrícola um de seus pilares no Espírito Santo.

Venturim preside também o Centro de Desenvolvimento Tecnológico do Café e é membro do conselho operacional do Espírito Santo em Ação, exercendo atividades voltadas para o desenvolvimento do interior capixaba. “Compartilho essa comenda com todos aqueles que se juntam comigo nessa caminhada. Essa homenagem da Assembleia Legislativa nos inspira ainda mais a continuar desenvolvendo ações em prol do incremento do setor agropecuário”, disse.

Guerreiros

A proponente da sessão solene e presidente da Comissão de Agricultura, deputada Janete de Sá (PMN), afirmou que os produtores e trabalhadores rurais capixabas têm sido guerreiros. “Eles não deixam faltar alimentos para a população, além de garantir o  desenvolvimento socioeconômico para os municípios, dos quais 80% dependem basicamente da renda do meio rural”.

Janete citou que a estrutura fundiária do Espírito Santo é formada em sua maioria por pequenas propriedades, com predomínio da agricultura familiar. De acordo com ela, isso ajudou no desenvolvimento do associativismo e do cooperativismo fortes e organizados, que se tornaram referência em todo o país.

A deputada destacou que o Espírito Santo é o maior produtor nacional de ovos e de café conilon, sendo também o segundo produtor e maior exportador de mamão e de pimenta-do-reino. O estado se destaca ainda na produção de coco, cacau, café arábica, banana, leite, frango de corte, hortaliças, cana-de-açúcar, abacaxi, gado de corte e leiteiro, entre outros.

“São muitos os homens e mulheres guerreiros que estão na labuta no dia a dia do campo, e por isso nada mais justo do que homenageá-los com essa Comenda do Mérito Agrícola”, justificou a parlamentar.

Homenageados 

1. Abraão Carlos Verdin – coordenador de cafeicultura do Incaper
2. Ana Paula Ribeiro Costa Oliveira – cafeicultor
3. Antônio Carlos do Nascimento – pecuarista
4. Aucélio Saluci Gama – pecuarista e cafeicultor
5. Bento Venturim – presidente do Sicoob no Espírito Santo (regiões Norte e Central)
6. Daniel Zibel – produtor no segmento de agricultura familiar
7. Egídio Malanquini – membro do Sindicato do Comércio de Café em Geral do Estado do Espírito Santo
8. Elias Cassimiro Moreira – cafeicultor em São Roque do Canaã
9. Eliseu Huber – produtor rural e torrefador de café do município de Marechal Floriano
10. Erasmo José Rovetta – produtor rural
11. Ivan Caliman – cafeicultor de Venda Nova do Imigrante
12. João Batista Pupim Vizula – cafeicultor da região de Bom Jesus do Norte
13. Joazis Bellard – exportador de gengibre
14. José Domingos Denadai – produtor do segmento da agricultura familiar em Alfredo Chaves
15. José Lafaiate Freitas de Oliveira – produtor de café conilon e pimenta do reino
16. Josimar Cazotto – produtor de café e de eucalipto
17. Karina Moreira Nolasco de Carvalho – Zootecnista e apicultora
18. Letícia Simões – superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-ES)
19. Luiz Cláudio de Souza – sócio-fundador da Cooperativa de Cafeicultores do Sul do Estado
20. Maicon Koehler – técnico agrícola e cafeicultor de Santa Maria de Jetibá
21. Márcio Cândido Ferreira – presidente do Centro de Comércio de Café de Vitória
22. Mário Stella Cassa Louzada – diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf-ES)
23. Mauro Demartha – secretário municipal de Agricultura de Aracruz
24. Olair de Almeida Lima – presidente da Associação dos Produtores de Leite de Airituba (São José do Calçado)
25. Rodrigo da Silva Dias – presidente da Associação de Produtores de Cafés Especiais das Montanhas do Espírito Santo
26. Ronei dos Anjos Vieira – fabricante de laticínios
27. Sheila Cristina Prucoli Posse – pesquisadora do Incaper
28. Pedro Rigo – superintendente do Sebrae-ES
29. Tiago Camiletti – produtor rural e vereador de Sooretama
30. Willian Dalvi Sartori – cafeicultor do município de Castelo
31. Adriano Ramos – produtor de linguiça do município de Fundão

Deputados: Janete de Sá
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica