PL dá acesso a remédio sem aval da Anvisa

Projeto refere-se a medicamentos com autorização para importação mas ainda sem registro definitivo junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Por Gabriela Zorzal, com edição de Angèle Murad

Mão segura cartela de comprimidos
Von quer que esses medicamentos sejam fornecidos pelo SUS / Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Por meio do Projeto de Lei (PL) 314/2021, o deputado Carlos Von (Avante) quer garantir acesso a medicamentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ainda que o produto não seja registrado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A matéria será analisada pelas comissões de Justiça, Saúde e Finanças. 

O direito se aplicaria ao capixaba que comprovar a incapacidade econômica e a impossibilidade de substituir o fármaco por outro similar constante na lista do SUS. A proposta trata de medicamentos que têm a autorização para importação e não possuem o registro definitivo da Anvisa.

Na justificativa da matéria, Von afirma que o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu sobre esse tema, definindo que cabe aos estados fornecer medicamentos mesmo sem o registro da Anvisa, bastando apenas ter a autorização da importação.

Deputados: Carlos Von
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular