Projeto institui reuniões híbridas e virtuais na Ales

Gandini quer manter a possibilidade de realização das reuniões e sessões no Legislativo em formato remoto mesmo após pandemia

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito

Telas de computador mostram mensagem "Aguarde. Reunião de Saúde Virtual às 9 horas"
Medida atende aos princípios da eficiência e da economicidade, defende Gandini / Foto: Leonardo Duarte

O deputado Gandini (Cidadania), por meio do Projeto de Resolução (PR) 13/2021, propõe que as reuniões das comissões permanentes e temporárias, bem como as sessões solenes e especiais, possam ser realizadas de forma virtual e híbrida (presencialmente e via plataforma digital).

De acordo com Gandini, a experiência dessa modalidade de reunião vem trazendo eficiência e economicidade. A proposta altera o artigo 4º da Resolução 2.700/2009, que estabeleceu o atual Regimento Interno da Assembleia Legislativa (Ales), instituindo a modalidade virtual e híbrida para as sessões ordinárias, extraordinárias, sessões solenes e especiais.

Ao artigo 30 do Regimento Interno fica acrescentado o parágrafo 2º, estendendo a modalidade virtual e híbrida para a realização das comissões permanentes e temporárias da Ales.

A realidade trazida pela pandemia do coronavírus levou a Casa a adotar o sistema virtual e híbrido para a realização das reuniões dos deputados. A primeira sessão virtual do Legislativo estadual foi realizada no dia 27 de março de 2020. Hoje, as sessões ordinárias e extraordinárias já estão sendo realizadas dessa forma, e a proposta formaliza o sistema no Regimento Interno.

Eficiência e economicidade

O tema administrativo sobre a eficiência e sobre a economicidade foi trazido por Gandini como justificativa ao texto do projeto com base na Constituição Federal (artigos 37 e 70, respectivamente). O deputado argumenta que a proposta está em sintonia com a realidade atual da pandemia do novo coronavírus.

“A realização de reuniões das sessões e comissões da Assembleia Legislativa, de forma híbrida e virtual, demonstrou ser um mecanismo eficiente e eficaz, além de possibilitar, por consequência, a economia de recursos públicos. A aplicabilidade da eficiência e da economicidade nas ações do Estado devem nortear todas as ações dos agentes públicos”, afirma Gandini.

A matéria foi lida em plenário no dia 7 de julho e encaminhada para a Comissão de Constituição e Justiça e para a Mesa Diretora.
 

Deputados: Gandini
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros