Iniciativa visa à prevenção de queimaduras

Projeto institui semana de conscientização sobre problema que atinge cerca de 1 milhão de brasileiros todos os anos 

Por Luciana Wernersbach, com edição de Angèle Murad

Mãos femininas enfaixas mão de pessoa com atadura
Orientação quanto aos primeiros socorros também é objetivo da proposta / Foto: Freepik

Cerca de um milhão de brasileiros sofrem queimaduras todos os anos, de acordo com o Ministério da Saúde. Geralmente, elas acontecem por negligência e, na maior parte das vezes (78%), no ambiente doméstico, atingindo em 40% das vezes crianças de até 12 anos de idade. O manuseio de fogos de artifícios e outros objetos explosivos líquidos em altas temperaturas, o uso do álcool para acender churrasqueiras e a presença de crianças em cozinhas são considerados os principais causadores do problema. Segundo a Sociedade Brasileira de Queimaduras, ocorrem cerca de 300 mil casos de queimaduras de crianças por ano no país.

Para que a população capixaba tenha mais conhecimento e informações sobre as condutas necessárias para prevenir acidentes e também tenha noções de primeiros socorros a serem prestados às vítimas, o deputado Doutor Hércules (MDB) propôs o Projeto de Lei (PL) 275/2021  instituindo a Semana Estadual de Prevenção às Queimaduras.

A semana seria realizada no início do mês de junho, coincidindo com o Dia Nacional de luta contra queimaduras, celebrado em 6 de junho. “Queremos que essa data seja marcada em todo o Estado com atividades de conscientização quanto à prevenção e orientações sobre primeiros socorros, com o intuito de reduzir acidentes e, com isso, reduzir o contingente da população com sequelas por queimaduras e o número de vítimas fatais”, justifica o parlamentar.

Segundo Doutor Hércules, uma atividade de âmbito estadual dedicada a difundir informações e a desenvolver uma consciência quanto à necessidade de prevenir acidentes que produzam queimaduras é um meio eficaz para combater tais eventos, os quais, quando não causam a morte da vítima, deixam como consequências sequelas estéticas, funcionais ou psicológicas de difícil superação.

Entre as diversas atividades sugeridas no projeto de lei estão distribuir relação de produtos, sobretudo de uso doméstico, com a indicação da substância que possa provocar queimaduras; e informar em cada região do Estado do Espírito Santo quais são as unidades de saúde aptas a prestar socorros e tratamentos especializados às vítimas de queimaduras.

A matéria será analisada pela Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa. 

Deputados: Doutor Hércules
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio