Bairros da Serra sofrem para acessar internet

Dificuldade é enfrentada por moradores da Praia da Baleia, Portal de Jacaraípe, Castelândia e Feu Rosa, segundo relato de entidades

Por Gabriela Zorzal, com edição de Angèle Murad

Tela de computador exibe imagens de participantes de reunião virtual
Problema foi tema de reunião virtual da Comissão de Defesa do Consumidor / Foto: Ana Salles


A pandemia tornou o ambiente on-line cada vez mais essencial para as tarefas mais básicas do dia a dia. A dificuldade de acesso à internet em municípios da Serra foi tema de reunião virtual da Comissão de Defesa do Consumidor nesta segunda-feira (14). Entre os bairros que enfrentam dificuldade de cobertura de rede de internet estão Praia da Baleia, Portal de Jacaraípe, Castelândia e Feu Rosa.

Sobre o tema, o presidente da Associação de Moradores de Feu Rosa, Henrique Lima dos Santos, explicou que os moradores estão com dificuldades, inclusive, para agendar a vacinação contra Covid-19, já que o processo é todo on-line.

“As ferramentas on-line são essenciais, mais ainda nesse momento de pandemia. Muitos moradores não conseguem fazer o agendamento para marcar a vacina porque o processo é virtual e o acesso à internet está muito ruim na região. Vale destacar que o aglomerado de Feu Rosa, o bairro e região adjacente, tem mais de 100 mil habitantes. É um problema que impacta a vida de muita gente”, disse o líder comunitário. 

A reunião contou também com a presença do representante do Movimento Comunitário de Praia da Baleia Franz Rupert Viana, que reforçou a demanda regional. Além de representantes das comunidades, o colegiado recebeu o gerente regional da Vivo, Ricardo Mascarenhas Lopes Cançado Diniz. A empresa de telefonia e internet é a que tem maior cobertura na região. De acordo com ele, a legislação municipal vigente (Lei Municipal 4.332/2014) traz entraves para a ampliação da cobertura atual.

“Não se trata de falta de cobertura, mas da necessidade de se realizar novos investimentos. Os investimentos foram feitos, mas a gente esbarra em um limite. Fiz um estudo de Serra, uma região muito adensada. Para fazer novas instalações, hoje precisamos de uma mudança na legislação municipal. Temos processos na Prefeitura da Serra para poder aumentar nossa rede. A lei vigente, por exemplo, não permite estação próximo a escolas e hospitais. Não vamos ter uma escola digital na Serra? Não vamos ter serviços de ponta que exigem tecnologia em hospitais? As questões sanitárias já foram sanadas faz muito tempo, mas a legislação está defasada”, afirmou Ricardo Diniz.

O deputado estadual Vandinho Leite (PSDB), que preside o colegiado de Defesa do Consumidor, propôs que a comissão converse com a Câmara de Vereadores da Serra para avaliar a legislação municipal.

“Os vereadores estão discutindo o Plano Diretor Urbano do município, é um excelente momento para discutir esse tema”, defendeu o parlamentar. A reunião também contou com a presença dos deputados Carlos Von (Avante) e Delegado Danilo Bahiense (sem partido). 
 

First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica