Complexo para reunir forças de segurança

Projeto de Centro Integrado de Segurança Pública em Linhares foi apresentado em reunião de comissão temática da Ales

Por Titina Cardoso, com edição de Angèle Murad

Tela de computador exibe imagens de participantes de reunião virtual
Ideia é que local abrigue PM, Polícia Civil, Detran, Ciodes, entre outros / Foto: Ana Salles

Os representantes do Conselho Interativo de Segurança Pública de Linhares (Consel) apresentaram aos deputados um projeto para congregar diversas forças de segurança em um único lugar. 

Eles participaram da reunião virtual da Comissão de Segurança desta segunda-feira (24) e mostraram o projeto arquitetônico do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), local que reunirá a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, além de unidades da Polícia Técnico-Científica, Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), Comando de Polícia Extensiva (CPO) Norte, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), entre outras instituições. 

O projeto aguarda a análise do governo estadual. A construção do complexo no bairro Jardim Laguna, em Linhares, tem valor estimado em R$ 60 milhões. 

“Vamos reunir todas as forças de segurança em um lugar só, diminuindo o custeio e aumentando a integração. Quem sai ganhando mais, acima de tudo, é a população, porque vai conseguir resolver tudo em um local só”, explicou o presidente do Consel, Roque Félix de Barbe. 

De acordo com o presidente do conselho, o Cisp seria importante não só para Linhares, mas também para as cidades de Rio Bananal, Sooretama e toda a região norte. 

O arquiteto Nilson Freire, responsável pelo projeto, mostrou detalhes do complexo de segurança, que contará com dois helipontos, píer, central de videomonitoramento e sala de gerenciamento de crise. “Cada um dos prédios foi discutido com as instituições”, contou. 

Os convidados falaram um pouco, ainda, sobre o Consel, que tem 25 anos de existência. “Temos apoio total das forças de segurança: Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, diretores de presídios, Tiro de Guerra, Secretaria de Segurança”. Ao todo, 37 entidades compõem o colegiado. 

Apoio dos deputados 

Os membros da Comissão de Segurança demonstraram apoio à implantação do complexo de segurança em Linhares. “Isso seria um sonho. Que as nossas unidades tivessem essa padronização no Estado inteiro. A gente não vê isso de forma estrutural, como política de Estado. A gente vê tantos ‘puxadinhos’ na Polícia Civil e na Polícia Militar. A nossa preocupação é que a gente tenha uma segurança de qualidade”, disse Capitão Assumção (Patri). 

O colega Coronel Alexandre Quintino (PSL) também frisou que faltam projetos a longo prazo na área da segurança: “Precisamos de políticas de segurança pública a longo prazo. O que vocês apresentaram é algo inovador e que serve de exemplo para todo o estado. O governo do estado tem feito reformas e construções, mas ainda é muito pouco”, comentou. 

Já o deputado Delegado Danilo Bahiense (sem partido) elogiou a iniciativa, mas disse que “não tem gente para colocar lá dentro”, já que, segundo ele, há carência de efetivo nas forças de segurança estaduais. 

Para o presidente da comissão, Luiz Durão (PDT), é necessário que o projeto “saia do papel”, pois “vai ajudar todo o norte do Estado”.  
 

First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
First slide
Comissões: Segurança
PL que suspende despejos tramita em urgência
Iniciativa paralisa reintegrações de posse na pandemia por até 90 dias após suspensão do período de calamidade pública no Estado
Bairros da Serra sofrem para acessar internet
Dificuldade é enfrentada por moradores da Praia da Baleia, Portal de Jacaraípe, Castelândia e Feu Rosa, segundo relato de entidades
Isenção de taxas de cartório é alvo de projeto
Entidades beneficentes das áreas de assistência social e meio ambiente poderão ser beneficiadas com ampliação de serviços passíveis de gratuidade em cartórios
Covid: PL determina uso de sobras de vacina
Iniciativa de Capitão Assumção prevê que doses não aplicadas sejam destinadas a pessoas maiores de 18 anos sem comorbidades
PL que suspende despejos tramita em urgência
Iniciativa paralisa reintegrações de posse na pandemia por até 90 dias após suspensão do período de calamidade pública no Estado
Bairros da Serra sofrem para acessar internet
Dificuldade é enfrentada por moradores da Praia da Baleia, Portal de Jacaraípe, Castelândia e Feu Rosa, segundo relato de entidades
Isenção de taxas de cartório é alvo de projeto
Entidades beneficentes das áreas de assistência social e meio ambiente poderão ser beneficiadas com ampliação de serviços passíveis de gratuidade em cartórios