Colegiados aprovam ampliação de trabalhos

Deputados aprovaram prorrogação das atividades de grupos parlamentares e funcionamento em 2021

Por Aldo Aldesco com edição de Nicolle Expósito | Atualizado há 1 ano

Comissões em reunião virtual
Colegiados realizaram reuniões virtuais / Foto: Ellen Campanharo

Três Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) e uma comissão especial da Assembleia Legislativa (Ales) realizaram reuniões extraordinárias virtuais e aprovaram, nesta segunda-feira (7), a continuidade de seus trabalhos. As decisões dos colegiados seguem agora para análise no Plenário da Casa.

A CPI das Licenças, presidida pelo deputado Marcelo Santos (Pode), aprovou a prorrogação das atividades até o fim da legislatura – as atividades parlamentares dessa legislatura se encerram em 22 de dezembro de 2022. Também foi decidida a transposição da comissão para a sessão legislativa de 2021. A transposição é uma autorização formal do Parlamento exigida pelo Regimento Interno (RI) da Ales. Depois de passar pelo crivo das comissões, a decisão precisa ainda de referendo do Plenário da Casa.

O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) lembrou que a comissão deve atuar para, realmente, punir as empresas com licenças em situação irregular. Enivaldo propôs que as licenças das empresas sejam suspensas até que seja verificada a situação real da documentação.

Também presidida pelo deputado Marcelo Santos, a CPI das Obras Públicas, que tem como relator o deputado Alexandre Xambinho (PL), aprovou a transposição dos trabalhos da comissão para a próxima sessão legislativa. A CPI já havia sido prorrogada para o próximo ano em reunião anterior.

Do mesmo modo, os membros da Comissão Especial do Petróleo, Gás e Energia aprovaram somente a transposição de seu funcionamento para a próxima sessão legislativa, uma vez que o colegiado também já teve seu prazo de atuação ampliado. O colegiado é igualmente presidido pelo deputado Marcelo Santos e tem como relator o deputado Alexandre Xambinho.

Por último, a CPI da Sonegação, que tem Enivaldo como presidente e Marcelo Santos como relator, tratou das mudanças na composição com a saída de Enivaldo em janeiro para assumir a Prefeitura de Barra de São Francisco. Marcelo Santos foi indicado para a presidência. Outra decisão foi a de encaminhar à Mesa Diretora a sugestão de que o suplente, deputado Alexandre Xambinho, seja nomeado como relator e a indicação de outro parlamentar para substituir o deputado Euclério Sampaio, que em janeiro deve deixar o Legislativo para assumir a Prefeitura de Cariacica.

Os deputados ainda aprovaram a transposição da CPI para a próxima sessão legislativa, que tem início no próximo dia 2 de fevereiro. A prorrogação já havia sido decidida anteriormente. 
 

Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros