Mameri cobra informação sobre volta de cirurgias

Vice-presidente da Comissão de Saúde pediu comunicação oficial do governo estadual sobre o retorno das consultas e cirurgias eletivas na rede pública

Por Wanderley Araújo

Reunião virtual da Comissão de Saúde
Comissão deve se reunir com secretário de Saúde para tratar de procedimentos programados / Foto: Leonardo Duarte

O vice-presidente da Comissão de Saúde, deputado Dr. Emílio Mameri (PSDB), reiterou o pedido para que o colegiado seja informado oficialmente pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) sobre a retomada das consultas e cirurgias eletivas na rede pública. O assunto foi abordado na reunião da comissão realizada na manhã desta terça-feira (11). 

Mameri afirmou que, diante da expectativa de manutenção da tendência de redução dos casos de Covid-19 no Estado, o que se tem visto "a conta gotas" são informações na mídia capixaba sobre o retorno gradual dos atendimentos eletivos."Mas até o momento esta Comissão (de Saúde) não tem nenhuma informação oficial sobre isso, apesar de já termos solicitado que isso seja feito", cobrou.

O presidente do colegiado, Doutor Hércules (MDB) informou que, no próximo dia 19, está prevista reunião com o secretário de Estado de Saúde, Nésio Fernandes, para que ele possa informar com mais detalhes o que está sendo planejado para o retorno gradual dos atendimentos e procedimentos eletivos.

Cooperativa de saúde

Na reunião desta terça, o colegiado recebeu o presidente da cooperativa que administra a rede Unimed Vitória, médico Fernando Ronchi. Ele falou sobre os atendimentos realizados durante a pandemia e os procedimentos adotados, como contratação de médicos e enfermeiros, oferta de teleconsultas na área médica, capacitação dos profissionais, criação de uma central de atendimento exclusiva para casos suspeitos de Covid-19, além de chat para comunicação entre os cooperados.

Sobre o atendimento, o médico informou que, durante a pandemia, a Unimed Vitória já realizou mais de 1.800 internações por Covid-19 e mais de 1.600 pacientes teriam sido curados da doença.

Além da capital, outros 19 municípios são atendidos pela Unimed Vitória, alcançando 320 mil usuários, com faturamento anual de R$ 1,3 bilhão. O sistema reúne 2.500 médicos cooperados, 2.600 empregados e, além de suas unidades próprias, 344 prestadores de serviços por meio de parcerias com hospitais, clínicas e centros diagnósticos conveniados à rede.

Veja ainda

Informe epidemiológico da Covid-19,da Secretaria de Estado da Saúde

Comissões: Saúde
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular