Exposição na Ales reúne obras de Caps

Exposição vai até o dia 12 de dezembro, com composições de profissionais e pacientes das unidades

Por Redação Web Ales, com a contribuição de Matheus Nobre

Trabalhos incluem pinturas, mosaicos e bordados
A entrada é aberta ao público, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas / Foto: Tati Beling

Está em exposição na Assembleia Legislativa (Ales), até o dia 12 de dezembro, a mostra artística “Percursos de Cor e de Afeto”, dos pacientes e profissionais dos Centros de Atenção Psicossocial Mestre Álvaro, Infantil (Caps-i), Álcool e Drogas (Caps-ad) e da Unidade Regional de Saúde de Jacaraípe (URS). Os trabalhos podem ser conferidos no pilotis da Casa. A entrada é aberta ao público, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

As obras são resultado da experiência dos participantes em um ateliê ministrado pela professora e artista plástica Dayse Robert. A ideia era de praticar o coletivismo entre os presentes. Para a professora, a sensação é de dever cumprido.

"Sinto-me realizada, é incrível poder participar desse um projeto. Ver os pacientes superando suas próprias dificuldades mostra como a arte pode influenciar positivamente a vida dessas pessoas”, completou.

Dayse conta que o ateliê é somente uma parte do projeto social. As unidades realizaram passeios até pontos turísticos do estado e durante as visitas os pacientes puderam fotografar os lugares para posteriormente transformarem as fotos em quadros.

O grupo usou de inspiração para os trabalhos pontos como o Convento da Penha, a Igreja dos Reis Magos e algumas praias do estado, locais que poucos dos participantes já conheciam. 

Além de pinturas, os trabalhos incluem mosaicos em cerâmicas, peças bordadas e itens de decoração para jardins. As obras também se encontram disponíveis para venda. Segundo Dayse, o dinheiro arrecadado com as produções vai financiar um passeio dos participantes para Santa Teresa.

Caps

Caps são instituições que ofertam tratamento em saúde mental para cidadãos de uma determinada região, incluindo reabilitação e reinserção social dos pacientes na sociedade. São atendidas pessoas com transtornos mentais severos e persistentes.

Cada instituição possui um foco específico, no estado atuam modalidades para pacientes infantojuvenis, adultos e para dependentes de álcool e drogas. Para receber o tratamento, o cidadão precisa ser encaminhado por uma das unidades de saúde da região ou procurar diretamente o centro.

Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais