Rio Novo do Sul recebe audiência de Segurança

Debate nesta quarta-feira integra ciclo de debates promovido por colegiado em várias regiões do Estado

Por Gleyson Tete

Audiência pública
Essa será a sétima audiência promovida pelo colegiado este ano nos municípios / Foto: Arte de Lucas Albani

O município de Rio Novo do Sul, na região Litoral Sul do Estado, recebe nesta quarta-feira (21) audiência pública da Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado da Assembleia Legislativa (Ales) que terá como tema “Segurança Pública: Direito e Prioridades”. Solicitado pelo deputado Dr. Emilio Mameri (PSDB), que já foi vice-prefeito da cidade, o evento ocorre às 18 horas, no Teatro Municipal Ivo Mameri.

A equipe do colegiado de Segurança realizou uma visita prévia a Rio Novo para conhecer as demandas dos moradores da cidade, que possui população estimada em 12 mil habitantes. Foram relatados, principalmente, crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas. 

Segundo o presidente da comissão, deputado Delegado Danilo Bahiense (PSL), é importante ouvir os afetados pelos problemas antes de se tomar as providências necessárias. “Só assim ficamos sabendo do que realmente acontece. Isso foi muito produtivo em outras audiências que fizemos, como em Fundão, Aracruz e Linhares, por exemplo”.

Para o encontro foram convidados políticos de Rio Novo e de municípios do entorno, integrantes da cúpula da segurança pública estadual, autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público Estadual (MPES) e os responsáveis pelo policiamento da cidade. 

Audiências 

Essa será a sétima audiência pública que os integrantes da Comissão realizam fora da sede do Poder Legislativo estadual. Anteriormente ocorreram encontros em Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, Aracruz, Vila Velha, Linhares e Fundão.  

Ao final de cada uma, os parlamentares produzem um relatório com as reivindicações e propostas que são encaminhadas para as autoridades competentes. 

Comissão 

Além do presidente Bahiense, o colegiado é composto pelo vice, Coronel Alexandre Quintino (PSL), e pelos membros efetivos Marcelo Santos (PDT), Luciano Machado (PV), Enivaldo dos Anjos (PSD), Dr. Emilio Mameri (PSDB), Capitão Assumção (PSL), Euclério Sampaio e Delegado Lorenzo Pazolini, ambos sem partido. Os suplentes são Dary Pagung (PSB), Gandini (Cidadania), Hudson Leal (PRB) e Alexandre Xambinho (Rede).

A comissão tem por atribuição discutir, votar e fiscalizar projetos e ações relacionados à prevenção da violência e organização das polícias civil e militar e bombeiros. Atua, ainda, em conflitos no sistema penitenciário, destinação de recursos públicos para a segurança pública e demais assuntos pertinentes ao seu campo temático.
 

Comissões: Segurança
Solene homenageia defensores públicos
Sessão também foi marcada por reivindicações como melhorias estruturais, concursos e aumento no orçamento da instituição
Desabamento: Ales homenageia bombeiros
Ato foi em reconhecimento à equipe que, por 20 horas, trabalhou no resgate de vítimas de acidente ocorrido em Vila Velha, em abril
Bancos: regras de segurança serão alteradas
Proposta do governo aprovada pelos deputados adapta lei estadual à federal, contemplando cooperativas de crédito
Cariacica debate violência infantojuvenil
Foi proposto que municípios incluam em seus orçamentos recursos para construir rede integrada de atendimento
Solene homenageia defensores públicos
Sessão também foi marcada por reivindicações como melhorias estruturais, concursos e aumento no orçamento da instituição
Desabamento: Ales homenageia bombeiros
Ato foi em reconhecimento à equipe que, por 20 horas, trabalhou no resgate de vítimas de acidente ocorrido em Vila Velha, em abril
Bancos: regras de segurança serão alteradas
Proposta do governo aprovada pelos deputados adapta lei estadual à federal, contemplando cooperativas de crédito