Frente debate medidas contra pó preto na GV

Em sua primeira reunião, colegiado quer discutir soluções tecnológicas para monitoramento da qualidade do ar e controle da poluição atmosférica

Por Titina Cardoso, com informações da assessoria de Gandini

Gandini
Gandini é o presidente da nova frente parlamenar / Foto: Tati Beling

A Frente Parlamentar de Fiscalização do Termo de Compromisso Ambiental (TCA) do Pó Preto se reunirá pela primeira vez nesta quarta-feira (29). O objetivo da reunião é debater soluções tecnológicas de monitoramento e controle social dos níveis de poluição atmosférica e da qualidade do ar na Grande Vitória. A reunião será no Plenário Rui Barbosa, a partir das 14 horas. 

“Nosso objetivo com essa frente é fortalecer os mecanismos de controle do pó preto e as ações de fiscalização, além de acompanhar o cumprimento da legislação e discutir possíveis atualizações para a sua melhoria”, destacou o deputado Gandini (Cidadania), presidente do colegiado.

Para falar sobre o tema, foi convidado o diretor financeiro da empresa Alphamar Investimentos, Nelson Saldanha, especialista em Ecossistemas de Controle de Poluição Costeira pela Universidade Internacional de Tóquio. O convidado apresentará uma solução tecnológica que, segundo a empresa, permite monitorar em tempo real a qualidade do ar na Grande Vitória.

A Frente Parlamentar de Fiscalização do TCA do Pó Preto tem o objetivo de debater o cumprimento das 191 metas para reduzir a emissão de poluentes na Grande Vitória, conforme TCA celebrado entre as empresas Vale e ArcelorMittal e o Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Seama).

Além do presidente Gandini, compõem o grupo os deputados Alexandre Xambinho (Rede), como secretário-executivo; Carlos Von (Avante); Coronel Alexandre Quintino (PSL), Delegado Lorenzo Pazolini (sem partido), Hudson Leal (PRB), Luciano Machado (PV), Marcos Garcia (PV), Renzo Vasconcelos (PP) e Vandinho Leite (PSDB). 

Plenário avaliza extinção de cargo do Incaper
Segundo proposta, o cargo de Auxiliar em Desenvolvimento Rural seria extinto para facilitar a contratação de empresa para prestação do serviço
Deputado alerta para doenças intestinais
Doutor Hércules também quer que o governo do Estado instale centros de infusão de medicamentos em todas as regiões do Espírito Santo
Assembleia aprova fundo para produtores rurais
Objetivo do governo é facilitar crédito para que os produtores possam retomar suas lavouras
Justiça acolhe PL que proíbe copos plásticos
Proposta veta o fornecimento de copos plásticos descartáveis em restaurantes, bares e similares
Plenário avaliza extinção de cargo do Incaper
Segundo proposta, o cargo de Auxiliar em Desenvolvimento Rural seria extinto para facilitar a contratação de empresa para prestação do serviço
Deputado alerta para doenças intestinais
Doutor Hércules também quer que o governo do Estado instale centros de infusão de medicamentos em todas as regiões do Espírito Santo
Assembleia aprova fundo para produtores rurais
Objetivo do governo é facilitar crédito para que os produtores possam retomar suas lavouras