Deputados conhecem cooperativa rural

Com mais de 200 famílias cooperadas, grupo de Domingos Martins movimentou cerca de R$ 4 milhões no ano passado

Por Titina Cardoso

Comissão de Cooperativismo
Deputados elogiaram atuação da cooperativa / Foto: Tati Beling

Café orgânico, filé de tilápia, mel, biscoitos, hortaliças. Uma produção diversificada movimentou cerca de R$ 4 milhões no ano passado na cidade de Domingos Martins, região serrana do estado. O trabalho desenvolvido pela Cooperativa de Empreendedores Rurais do município (Coopram) foi apresentado pelo diretor-presidente da entidade, Darli José Schaefer, aos deputados da Comissão de Cooperativismo.

O grupo foi iniciado em 2007 e conta, hoje, com mais de 200 famílias cooperadas que, unidas, comercializam seus produtos principalmente por meio de políticas públicas como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). As vendas realizadas por meio dos programas federais correspondem a 61% da renda da cooperativa.

Os principais compradores são a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e as prefeituras capixabas, mas o grupo já expandiu suas fronteiras e está comercializando também com órgãos localizados no Rio de Janeiro e no Paraná. O café consumido pelo Exército e pela Marinha no Rio de Janeiro, por exemplo, é proveniente de Domingos Martins.

Os deputados membros do colegiado ficaram satisfeitos com o que foi apresentado. O presidente do colegiado, Pastor Marcos Mansur (PSDB), frisou a importância do cooperativismo para o desenvolvimento regional. “Vocês captam recursos de fora para trazer para dentro do município”, elogiou o parlamentar. Já para Iriny Lopes (PT), “o trabalho feito de maneira coletiva tem mais condições de ampliar a produção, abrir mercados e competir com produtos que vêm de fora”, salientou.

A nutricionista da Sedu Maria Tanure também participou do encontro. Ela informou que o Estado começou a comprar da cooperativa em 2012. “Hoje a gente trabalha com duas realidades: alunos que necessitam de suporte nutricional e a introdução de hábitos alimentares saudáveis. E a agricultura familiar é um aliado muito forte para a promoção da alimentação saudável da nossa população”, destacou.

Comissões: Cooperativismo
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
Saúde nasal: tratamentos e riscos em pauta
Comissão recebe especialista para discutir causas de congestionamento nasal e as consequências do uso inadequado de remédios
Apuração dos votos é feita em tempo real
Resultado das eleições pode ser acompanhado por aplicativos e plataforma do TSE na internet
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio