Entidades organizam eventos a favor dos direitos humanos

Ativistas fizeram vigília e preparam agenda de eventos em defesa da diversidade e do Estado laico

Por Redação Web Ales

Vigília noturna na escadaria da Ales /
Foto: Wanderley Araújo

vigiliaescadariasales_30042013_wanderleyaraujo.JPG
Vigília noturna nas escadarias da Ales integra agenda de eventos

Ativistas dos direitos humanos realizaram uma vigília noturna na última terça-feira (30), nas escadarias da Assembleia Legislativa, em defesa da diversidade e do Estado laico.  O  evento contou com o apoio do deputado Cláudio Vereza (PT), que é membro da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Casa. “Estou aqui como parlamentar e como cidadão, apoiando esse evento num momento em que o País vive uma ameaça de retrocesso na área dos direitos humanos”, afirmou. 

O deputado citou a tentativa de redução da maioridade penal para 16 anos e os discursos homofóbicos que se propagam no País como exemplo da ameaça aos direitos humanos. O presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos, Gilmar Ferreira da Silva, enfatizou que a vigília era apenas o início de uma agenda que está sendo implantada para que as entidades organizadas possam se manifestar e discutir as ameaças que as minorias estão enfrentando na atual conjuntura. 

“Vamos ter vários eventos. Na Assembleia Legislativa haverá um seminário dia 27 de maio com o tema dos direitos humanos, do estado laico e da diversidade. Esperamos reunir um grande número de pessoas para discutir essa questão”, afirmou. 

Wanderley Araújo/Web Ales 
(Reprodução autorizada mediante citação da Web Ales)

Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Bahiense quer prevenção a novos atentados em escolas
Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente propõe medidas de segurança, como botão de pânico, câmeras de monitoramento e vigilância armada
Orçamento 2023 recebe 971 emendas
Comissão de Finanças terá até dia 7 de dezembro para acatar ou rejeitar as sugestões feitas à peça
Próximo governo: policiais reforçam demandas
Em reunião na Ales, eles disseram esperar que o governador reeleito atenda pleitos apresentados durante campanha eleitoral
Chuvas: Ales sinaliza apoio aos municípios
Legislativo coloca-se pronto para atender e ratificar situações oficiais de calamidade pública, permitindo agilidade no repasse de recursos estaduais 
Não há notícias referenciadas.