Mesa anuncia mudança na CPI da telefonia móvel

Com impedimento dos deputados do DEM para participarem da comissão, vaga será ocupada pelo PR

Por Redação Web Ales

Solange, Ferraço e Roberto Carlos /
Foto: Renata Moreira

ordinaria_03042013_renatamoreira.JPG
Solange, Ferraço e Roberto Carlos integram a Mesa Diretora 

Na sessão ordinária desta quarta-feira (3), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Theodorico Ferraco (DEM) anunciou modificações na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel. 

O partido Democratas, que tinha direito a uma vaga na CPI, não pode assumi-la. Ferraço, parlamentar da sigla, já era impedido de participar devido ao fato de ocupar a presidência da Casa. Os outros dois parlamentares do DEM, Elcio Alvares e Atayde Armani, também não poderão integrar a CPI: Elcio pela alta demanda da Comissão de Justiça, a qual preside, e Atayde, presidente do colegiado de Agricultura, por questões de saúde.

A vaga foi redistribuída e designada para o Partido Republicano (PR). Líder da sigla, Gilsinho Lopes indicou, durante a sessão, Glauber Coelho e Jose Esmeraldo como membros efetivo e suplente, respectivamente.

Com a indicação do PR, faltam as definições do PDT e do PMDB, que devem ocorrer na próxima semana. Na sessão ordinária de terça-feira (2), o PT indicou Genivaldo Lievore e Lucia Dornellas. O PV, como signatário do pedido de abertura da CPI, terá Sandro locutor na vaga titular, sendo substituído quando necessário pelo deputado Gildevan Fernandes.

A CPI da Telefonia Móvel, que teve sua instalação aprovada no último dia 25 de março, com requerimento assinado por 25 parlamentares, tem 90 dias para apurar a “responsabilidade por danos causados ao consumidor na prestação inadequada de serviço de telefonia oferecido pelas operadoras que atuam no Estado”. 

Luan Antunes/Web Ales
(Reprodução autorizada mediante citação da Web Ales)
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo
PEC da Polícia Científica começa a tramitar
Iniciativa desvincula os peritos da PCES, reforçando autonomia e independência da categoria. Cinco emendas já foram apresentadas à proposta
Projeto visa recuperar direitos de servidores
Proposta assegura que o tempo de trabalho durante a crise sanitária da Covid seja contabilizado para a concessão de direitos como quinquênios e licenças-prêmio 
Homens estão entre as principais vítimas de suicídio
Morte autoprovocada é quase quatro vezes maior entre homens e a terceira principal causa de óbito na faixa de 15 a 29 anos, apontam dados oficiais
"Cola" é recurso para ajudar eleitor a votar
Anotar os números dos candidatos diminui consideravelmente chance de erros na hora da votação e contribui para agilizar processo
Não há notícias referenciadas.