Projeto exige certidão do bebê antes da alta hospitalar

Sem o registro de nascimento, o indivíduo fica impedido de exercer os seus direitos civis, econômicos e políticos.

Por Redação Web Ales

Recém-nascido /

recem-nascido.JPG
Capa: Divulgação

O Plenário da Assembleia Legislativa (Ales) vai analisar projeto que obriga hospitais e maternidades particulares do Estado a exigir a apresentação da certidão de nascimento dos recém-nascidos quando da alta médica da mãe. Sem o registro de nascimento, o indivíduo fica impedido de exercer os seus direitos civis, sociais, econômicos e políticos.

De autoria do deputado Da Vitória (PDT), o Projeto de Lei nº 031/2012 pretende a erradicação de subregistro de nascimento, que é a ausência de identificação e de reconhecimento do indivíduo pelo Estado, um obstáculo para o acesso benefícios e serviços públicos.

DaVitoria_131210.jpg
Da Vitória

O parlamentar explica que a criança, ao nascer em qualquer maternidade ou unidade hospitalar, recebe o documento DNV (Declaração Nascido Vivo). De posse dele, os pais devem ir ao cartório fazer o registro civil, mas em muitos casos isso não ocorre, gerando o problema do subregistro de nascimento.

“A obrigatoriedade da apresentação da certidão de nascimento à unidade de saúde em que ocorreu o parto garantirá não só a erradicação de subregistro como também a validade jurídica da criança, uma vez que a certidão comprova a existência da pessoa, a idade, a nacionalidade, o nome dos pais, além de outras informações”, afirma o deputado.

Daniella Sanz Ramos/Web Ales
(Reprodução autorizada mediante citação da Web Ales)

Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Novo Carmélia promete reforçar área cultural
Revitalização do teatro é um dos destaques do projeto de reforma, apresentado à Comissão de Cultura da Assembleia
Aprovado fim de taxa de cartório para conselho escolar
Se virar lei, iniciativa aprovada pela Assembleia deve apoiar órgãos que representam comunidade escolar
PL que doa imóvel a VV tramita em urgência
No local já existem duas escolas, uma quadra e um Centro de Referência de Assistência Social
Finanças aprova calamidade para seis municípios
Requerimentos aprovados atendem as prefeituras de Marataízes, Vila Velha, São Mateus, Mucurici, Santa Leopoldina e Cariacica
Não há notícias referenciadas.