Projeto reforça combate à violência sexual infantil

Iniciativa do deputado Renzo Vasconcelos propõe que o mês de maio seja destinado a atividades contra o abuso e a exploração sexual de crianças e de adolescentes

Por Wanderley Araújo, com edição de Nicolle Expósito

Criança aparece sentada no chão de cabeça abaixada
Proposta do Maio Laranja é envolver toda a sociedade no combate aos crimes sexuais contra crianças / Foto: Big Stock

O deputado Renzo Vasconcelos (PSC) apresentou o Projeto de Lei (PL) 207/2022 que institui e inclui no calendário oficial de eventos do Espírito Santo o Maio Laranja – mês dedicado à luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e de adolescentes. 

Conforme a iniciativa, o estado promoverá atividades para conscientização, prevenção, orientação e combate a esse tipo de crime, chamando a atenção da sociedade para a importância da proteção ao público infantil.  

Renzo explica que a matéria está em sintonia com a Lei Federal 9.970/2000, que instituiu 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. 

A data foi criada em homenagem à menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, que, em 18 de maio de 1973, aos oito anos de idade, foi sequestrada, drogada, violentada e assassinada. O crime, ocorrido em Vitória, causou comoção em todo o país. 

“Portanto, faz-se necessário criarmos essa lei para que essas mazelas do passado nunca caiam no esquecimento”, enfatiza o deputado no texto do projeto, que será analisado conclusivamente pela Comissão de Justiça. 
 

Deputados: Renzo Vasconcelos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros