É lei: laudo de autismo tem prazo indeterminado

Publicada no diário oficial desta quarta-feira (4), medida pretende auxiliar familiares de autistas que precisam de parecer médico para terem acesso a direitos

Por Aldo Aldesco, com edição de Nicolle Expósito

Garoto com camisa preta faz terapia com profissional
Pessoas autistas podem apresentar dificuldade para socialização e execução de tarefas cotidianas / Foto: Ana Salles

Os laudos médicos que atestam o Transtorno do Espectro Autista (TEA) terão validade indeterminada a partir desta quarta-feira (4). O Executivo sancionou a Lei 11.601/2022, oriunda do Projeto de Lei (PL) 366/2020, iniciativa do deputado Torino Marques (PTB). Aprovado pela Assembleia Legislativa (Ales), o texto concede prazo indeterminado para a validade do documento médico.

Anteriormente, a Lei 11.134/2020, de autoria do mesmo deputado, determinava 60 meses de validade para o laudo médico. Torino Marques entende que a ampliação do prazo contribui para a dignidade do autista e proporciona maior tranquilidade às famílias.

Climatização nas escolas

De agora em diante, nos orçamentos para obras nas escolas deverão constar recursos para a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas salas de aula, salas dos professores e espaços de trabalho dos servidores da educação. É o que determina a Lei 11.603/2022, também publicada no Diário Oficial do Estado (DIO-ES) desta quarta-feira.

A norma tem origem no PL 142/2022, apresentado pelo deputado Theodorico Ferraço (PP), e que tramitou em regime de urgência na Casa. A determinação vale para toda a rede pública estadual de ensino.

O Executivo vetou o artigo 2° do texto, que determinava prazo de dois anos para que todas as escolas públicas estaduais fossem contempladas com os equipamentos.

Educação financeira

Outra lei publicada nesta quarta no DIO institui a Semana Estadual de Educação Financeira, a ser realizada na última semana do mês de maio. Trata-se da Lei 11.602/2022, originada do PL 794/2021, de autoria do deputado Luiz Durão (PDT).

A semana foi incluída no Anexo Único da Lei 11.212/2020, que estabelece o calendário oficial de semanas, dias e assuntos estaduais relevantes e de interesse público no Estado. 

Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular
Deputado alerta para uso responsável de auxílio
Majeski criticou oferta de crédito consignado para o Auxílio Brasil e lembrou os altos juros cobrados nos empréstimos
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Reunião debate segurança em transporte escolar
Segundo advogado, motoristas de aplicativo estariam realizando transporte de estudantes de forma irregular