ES quer US$ 82 mi para ampliar sistema prisional

Empréstimo junto ao BID precisa ser autorizado pelos parlamentares e é objeto de projeto que começa a tramitar na Casa

Por Marcos Bonn | Atualizado há 17 dias

Interior de uma prisão, com uma sequência de portões abertos
Segundo governo, recursos serão utilizados na ampliação e modernização do sistema prisional / Foto: Sejus

Por meio do Projeto de Lei (PL) 457/2020, o Executivo solicita aos deputados autorização para contrair empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$ 82,3 milhões. O recurso será usado no Programa de Ampliação e Modernização do Sistema Prisional do Espírito Santo (Moderniza-ES).

O texto da proposta explica que a contrapartida do Executivo para financiar a iniciativa será de quase US$ 20,6 milhões, totalizando investimento de US$ 102,9 milhões no programa e previsão de execução em cinco anos. 

O programa

De acordo com a justificativa do governo, o Moderniza-ES foi elaborado pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) para, entre outros problemas, combater a “elevada taxa de encarceramento”. Para isso, a medida focará em três eixos: sustentabilidade ambiental e infraestrutura; tecnologia na administração prisional; e implantação de escritório social e ressocialização.

Entre as ações previstas por esse pilar, estão novas maneiras de reinserir o egresso no mercado de trabalho, visando minimizar as chances de retorno ao sistema prisional, por meio da qualificação profissional. Segundo o texto, a ressocialização será fomentada com a instalação de oficinas de trabalho e laboratórios nas unidades prisionais.

No tocante à administração carcerária, o empréstimo ajudará a superar a “defasagem tecnológica da plataforma atual”, ao permitir a centralização de dados em um único portal; a ampliação de serviços assistenciais e jurídicos por meio de videoconferência; e também o aperfeiçoamento do sistema de videomonitoramento.

No eixo de sustentabilidade, o programa projeta que as unidades prisionais aprimorem a autonomia no abastecimento de água e energia elétrica, com tratamento correto de esgoto; proporcionem melhor serviço de fornecimento de alimentação aos presos; e permitam a realocação de parte dos detentos com vistas a garantir os direitos humanos.

No projeto, o governo do Estado justifica a criação do Moderniza-ES por meio de “ações que contribuam para diminuição do tempo de permanência na prisão e, consequentemente, da população carcerária, com base na remição da pena através da formação educacional e profissional, criação de postos de trabalho e acompanhamento de egressos”.

Tramitação

A matéria foi lida na sessão ordinária desta quarta-feira (9) e será analisada pelas comissões de Justiça, Saúde e Finanças. Esse procedimento antecede a votação pelo Plenário.


 

TV Assembleia exibe entrevista com Dary
Edição inédita do programa Com a Palavra vai ao ar nesta sexta-feira
Dois novos projetos sobre ICMS começam a tramitar
Doutor Hércules propõe alíquota zero para o arroz; já Executivo quer isentar as doações de materiais de prevenção à Covid feitas à Justiça Eleitoral
PL sobre recursos para cultura tramita em urgência
Proposta estabelece, entre outros pontos, as regras para concessão de renda emergencial a trabalhadores do setor, prevista em lei federal
PL prevê psicólogo para mulher vítima de violência
Atendimento deve ser prestado nas delegacias de Polícia Civil logo após apresentação da denúncia, de acordo com a proposta 
TV Assembleia exibe entrevista com Dary
Edição inédita do programa Com a Palavra vai ao ar nesta sexta-feira
Dois novos projetos sobre ICMS começam a tramitar
Doutor Hércules propõe alíquota zero para o arroz; já Executivo quer isentar as doações de materiais de prevenção à Covid feitas à Justiça Eleitoral
PL sobre recursos para cultura tramita em urgência
Proposta estabelece, entre outros pontos, as regras para concessão de renda emergencial a trabalhadores do setor, prevista em lei federal